Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Seja para investir ou morar, a escolha da casa ou apartamento deve ser feita considerando uma série de critérios, a fim de evitar que o sonho vire um pesadelo. Mais do que um local para viver, comprar um imóvel significa fazer um investimento à longo prazo. E um dos quesitos para avaliar, é a escolha de um imóvel novo ou antigo.

Separamos oito informações importantes sobre prédios antigos que te ajudarão a fazer um bom negócio.

1.       Prédios mais antigos possuem cômodos maiores, principalmente quartos e banheiros. Contam também com grandes janelas, que melhoram a ventilação e iluminação da casa.

2.       Em grande parte dos casos, é preciso fazer reparos antes da mudança. Tanto a questão elétrica quanto a hidráulica devem ser revisadas. É bom ficar atento também aos acabamentos, itens de ferro e fiação incompatível com as necessidades atuais.

3.       Uma desvantagem, é que alguns prédios têm apenas uma vaga de garagem e não dispõe de espaço de convívio social, como: piscina, quadras e playground.

4.       A churrasqueira era um item destinado apenas às coberturas. E muitos prédios não possuem a possibilidade de inclusão de uma.

5.       Como apresentam estruturas mais simples de condomínio, costumam ter um preço mais acessível. Mas preste atenção na manutenção geral. Prédios com muitos reparos a serem feitos são sinônimos de ajuste na taxa condominial.

6.       A maioria dos prédios não possui suíte. Entretanto, com banheiros grandes, reformas conseguem compartilhar os cômodos.

7.       Imóveis mais antigos em geral, ficam em regiões já consolidadas, o que torna a localização melhor.

8.       Supermercados e viagens vão exigir uma forcinha extra para carregar sacolas e malas, já que muitos prédios não possuem elevador.


Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.