Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O mercado imobiliário vem dando boas mostras de recuperação e as pessoas já estão voltando a considerar o setor como uma excelente alternativa de aplicação. Mesmo em tempos de crise, esse é um segmento robusto no Brasil, que garante bons retornos em médio e longo prazo.

Opções e boas oportunidades não faltam. Propriedades com finalidades comerciais demandam características completamente diferentes de uma casa ou apartamento. No entanto, se esses itens forem bem observados, a aquisição desse tipo de imóvel pode ser altamente rentável e lucrativa, especialmente para quem quer garantir uma renda extra com o aluguel.

Pensando nisso, preparamos o conteúdo a seguir. Confira este artigo e conheça essas 7 dicas para comprar uma sala comercial:

1. Avalie a melhor localização

A localização é muito importante para qualquer propriedade, mas é ainda mais para quem pensa em comprar uma sala comercial. É preciso considerar não apenas as facilidades existentes no bairro, como outros empreendimentos de suporte para o funcionamento de um comércio, mas também o potencial de atrair clientes para o tipo de empresa que se pretende abrir.

Se a ideia for adquirir uma unidade para vendas no varejo, por exemplo, o ideal é optar por um bairro com uma quantidade importante de centros comerciais e shopping centers. Já para quem pretende focar em serviços, pode ser um edifício ou uma galeria, mesmo em uma área residencial, pode ser a melhor alternativa.

2. Considere as opções de transporte

A disponibilidade de opções de transporte é determinante para quem pretende comprar uma sala comercial. Afinal, um imóvel com a finalidade de vender produtos ou serviços precisa facilitar ao máximo a vinda dos clientes, fornecedores e até dos funcionários.

Por essa razão, dê preferência à regiões que sejam bem atendidas por pontos de ônibus. Estações de trem ou metrô no bairro também são bons diferenciais, pois conseguem trazer um grande fluxo de pessoas em pouco tempo. Por fim, é importante considerar também a presença de estacionamentos no local e a quantidade de vagas nas ruas das imediações.

3. Negocie os valores pedidos

A precificação é um item essencial para fazer um bom negócio na compra de imóveis e, por isso mesmo, você deve buscar apenas as melhores oportunidades no setor.

O momento é muito propício, pois como estamos vindo de uma conjuntura econômica pouco favorável, muitos proprietários e até mesmo incorporadoras estão precisando de capital. Com isso, eles acabam oferecendo excelentes vantagens e descontos para o comprador.

Use a internet a seu favor e saiba ao certo qual é o valor do metro quadrado da região. Procure também negociar ao máximo e utilizar seu poder de barganha. A partir do seu orçamento, será possível escolher as unidades com melhor custo-benefício no mercado e então começar a tentar lucrar com elas.

4. Observe o espaço disponível

Sabemos que, muitas vezes, uma casa pequena ou um apartamento compacto podem ser as melhores opções dependendo do estilo de vida adotado. No entanto, para uma propriedade com fins comerciais, ter espaço suficiente é essencial. É preciso considerar que, além da movimentação de clientes e funcionários, alguns empreendimentos demandarão uma área de estoque, por exemplo.

A dimensão ideal vai depender da modalidade de negócio, mas, observando com atenção, dá para ter uma boa ideia se uma unidade tem capacidade de alojar estabelecimentos que trabalhem com vendas de mercadorias ou serviços. Uma boa área para carga e descarga de artigos também é um belo diferencial.

5. Analise as condições do imóvel

Outro ponto crucial para quem quer comprar uma sala comercial é fazer uma boa avaliação do imóvel e descobrir se ele precisa (ou mesmo se pode) receber reformas e obras. A visitação é importante, especialmente para verificar se os ambientes estão em conformidade com a possibilidade de cumprir funções mercantis.

A maioria dos estabelecimentos de varejo, por exemplo, tende a exigir bastante dos circuitos elétricos. Além da área administrativa, na qual estarão em funcionamento computadores, impressoras e outras máquinas, há também o atendimento aos clientes, que demanda iluminação especial, televisão, ar condicionado, bebedouros e, muitas vezes, a instalação de outros tipos de equipamentos.

Se a propriedade não estiver preparada para isso tudo, ainda assim ela pode ser um bom negócio. Pondere sobre o custo-benefício e analise se ainda compensaria fazer uma proposta tendo que pagar posteriormente pelos serviços e reparos de um eletricista capacitado.

6. Verifique as questões legais

É preciso considerar também se as questões legais estão em dia. Você precisa garantir uma documentação cristalina, pedindo a matrícula do imóvel junto à prefeitura e descobrindo se ele cumpre os requisitos básicos, como estar em dia com os impostos, questões trabalhistas e as taxas condominiais.

Você também deve verificar se as características construtivas estão sendo seguidas. Há cidades, por exemplo, que restringem o uso das calçadas. Outras, por sua vez, proíbem que uma grande extensão de meio-fio seja rebaixada para a construção de uma rampa de acesso para veículos.

Há ainda disposições pontuais sobre a acessibilidade para portadores de necessidades especiais, outras relativas à circulação de ar e diversas outras especificações.

Portanto, antes de elaborar uma proposta, procure saber quais são as orientações dos órgãos competentes locais. Qualquer eventual adaptação deve ser feita de acordo com a legislação. Se isso não for feito, o alvará de funcionamento não poderá ser emitido.

7. Conheça bem o condomínio

Independentemente de estar em um centro comercial, um edifício comum, um prédio corporativo ou até mesmo um shopping center, você precisa conhecer bem o condomínio antes de comprar uma sala comercial.

Além de avaliar os valores praticados nas taxas condominiais, você deve analisar quais são as facilidades que o local oferece para os estabelecimentos que ali funcionam. Serviços de limpeza e manutenção, por exemplo, são muito interessantes e podem atrair diversos inquilinos em potencial.

Outro ponto crucial é a segurança. Contar com controle de entrada e saída na portaria, câmeras de monitoramento e uma equipe treinada para resolver e responder a qualquer eventualidade é tremendamente desejável no mercado de hoje, criando um diferencial para a propriedade.

Essas são algumas das melhores dicas para comprar uma sala comercial! Gostou de conhecê-las? Ficou interessado em adquirir esse tipo de imóvel? Conte para nós nos comentários!


Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.