Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Está começando uma vida a dois agora ou simplesmente quer sair da casa dos pais? É neste momento que a casa dos sonhos começa a ser planejada, mas você sabe o que fazer para esse sonho se materializar? Conhecer os documentos para financiamento imobiliário é uma das principais etapas e ferramentas para um passo a mais em direção à casa própria, porém é necessário ter em mente que é um processo demorado e burocrático, que vai precisar de controle e comprometimento financeiro rigoroso por alguns anos.

Então, para te ajudar na hora de fechar negócio e conquistar o tão sonhado lar, nós preparamos quais são todos os documentos para financiamento que você vai precisar. Confira!

O que é o financiamento imobiliário?

O financiamento de imóveis nada mais é do que uma linha de crédito que bancos públicos e privados oferecem para a compra de imóveis novos ou usados, ou seja, permite ao cliente pagar a casa em várias parcelas, durante anos.

Para isso os bancos montam um plano para cada cliente, a partir do seu perfil, assim o consumidor tem que atender uma série de condições, como: juros, valor mínimo da compra, tipo do imóvel, limite de crédito, prazo máximo e mínimo para pagamento e custos adicionais.

Quais são os documentos necessários para o comprador fazer o financiamento?

Para pessoa física:

  • RG;
  • CPF;
  • certidão conjunta de dívidas relativas à tributos federais;
  • comprovante de estado civil (certidão de nascimento, se solteiro, e certidão de casamento, se casado).

Você também pode usar o FGTS no financiamento, aí então você vai precisar de mais alguns documentos, como

  • extrato original do FGTS (datado, carimbado e atualizado), emitido pela Caixa Econômica Federal;
  • cópia comum de um comprovante de residência, de no máximo 3 meses anteriores;
  • cópia comum de um comprovante de residência, de no mínimo 1 ano anterior;
  • cópia comum da Carteira de Trabalho (CTPS);
  • cópia comum da Declaração de Imposto de Renda (IR) mais recente;
  • cópia comum da Declaração de Imposto de Renda (IR) mais recente do cônjuge ou convivente, se caso você for casado ou tiver uma união estável.

No caso do comprador ser uma pessoa jurídica, serão necessários os seguintes documentos:

  • Contrato Social ou Estatuto Geral, original e completo, com todas as modificações do contrato e do estatuto;
  • Certidão Negativa de débito com o INSS;
  • Certificado de Regularidade com o FGTS (CRF);
  • Certidão de Quitação de Tributos Federais (CQTF).

E os documentos que serão necessários ao vendedor?

Exigir todos os documentos do vendedor é a garantia da identificação de quem vende, e se há qualificação para realizar a venda. No caso do vendedor ser uma pessoa física:

  • todos os documentos necessários ao comprador, mais a declaração de profissão.

Se o vendedor for uma pessoa jurídica:

  • carta assinada pelos representantes, com firma reconhecida em cartório;
  • cópia comum da Certidão Negativa de Débito (CND);
  • cópia comum do Contrato Social ou Estatuto Social, firmado e registrado diante da Junta Comercial;
  • cópia comum da Certidão Negativa de Débitos de Tributos e Contribuições Federais (CCN);
  • se porventura a pessoa jurídica não tiver Contrato Social, e somente Estatuto Social, então também será essencial uma cópia comum da Ata de Eleição da Diretoria, registrada diante da Junta Comercial.

Vale ressaltar a importância de exigir todos os documentos do vendedor, a aptidão de todos esses documentos é o que evita problemas futuros no pós-venda. Se algum dos itens acima não estiver em dia, é aconselhável não fechar negócio, até que tudo seja regularizado.

Quais os documentos para financiamento/compra de um imóvel usado?

Na compra e financiamento também são necessários documentos do próprio imóvel. No caso de um imóvel usado é preciso ter cuidado para que ao comprá-lo você não assuma nenhuma dívida do local. Os documentos necessários são:

  • Certidão Vintenária (dos últimos 20 anos), com negativa de ônus atual;
  • Certidões Negativas de débitos sobre o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU);
  • cópia simples do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), do ano vigente;
  • se já houver financiamento do imóvel, verifique as condições de transferência;
  • no caso de haver cobrança de condomínio, exija uma declaração negativa de débito ao síndico do condomínio.

E quais os documentos para financiamento/compra de um imóvel novo?

A lista de documentos é igual ao do imóvel usado, com exceção da declaração negativa de cobrança de condomínio, porém é importante ficar atento à lista de documentos de IPTU e outros impostos.

Quais os documentos para o imóvel na planta?

Nesse caso o importante é saber da aptidão da empresa que está fornecendo os detalhes do imóvel, como:

  • documento indicando o detalhamento do imóvel (plantas, cortes, elevações, memoriais etc);
  • prazo para início e fim da obra;
  • multa por atraso na entrega.

Quais os documentos pedidos para compra de terreno?

A compra de um terreno exige detalhamento, analisando se a construção é legalizada no local, pois alguns terrenos são área de preservação permanente ou são áreas destinadas a fins do Estado, exceto a documentação que comprove esses itens anteriores, o restante é padrão.

Documentos obrigatórios para financiamento pela Caixa Econômica Federal:

  • RG;
  • CPF;
  • cópia simples de um comprovante de residência;
  • comprovante de estado civil (certidão de casamento, se casado ou certidão de nascimento, se solteiro);
  • Certidão Negativa de Débitos de tributos federais perante a União;
  • comprovante de renda original, de acordo com os seguintes casos:
    • assalariados: holerite;
    • autônomos: contrato de prestação de serviços, declaração do Imposto de Renda, declaração do sindicato da categoria (se houver), recibos de trabalhos realizados, ou então Declaração Comprobatória de Recepção de Rendimentos (Decore);
    • trabalhador informal ou pessoas que não possuem conta bancária: nesse caso o gerente vai fazer uma análise e instruir quais documentos serão obrigatórios na hora do financiamento.
  • se porventura o financiamento for utilizar os recursos do FGTS ou fizer parte do Programa Minha Casa, Minha Vida, uma Certidão Negativa de propriedade de imóvel será obrigatória.

É importante ressaltar que uma análise será feita sobre a vida do comprador, portanto se o nome estiver negativado perante algum Serviço de Proteção ao Crédito o financiamento não será aprovado.

Se ainda restaram dúvidas você pode consultar o site da instituição financeira em que pretende financiar o seu imóvel e consultar todos os documentos para financiamento que serão necessários. Se você gostou deste post, não deixe de conferir nosso artigo: Guia Básico sobre Financiamento de Imóvel.


Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.