Devo cobrir a câmera do notebook? Essa é uma pergunta que muitos têm feito após Mark Zuckerberg, criador do Facebook, ter publicado, em junho deste ano, uma foto em que sua webcam aparecia protegida por uma fita adesiva. Provavelmente, ele recorre a esse recurso por saber que câmeras de computador e tablets podem ser hackeadas sem que o usuário perceba. De acordo com o blog da AVG, esse acesso é realizado através de Remote Administration Tool (sigla RAT, em inglês), ou ferramenta de administração remota, em tradução livre.
Notebook 2 em 1: Dell Inspiron 13 5000 ou Transformer Book T100TA? Segundo estimativas, os RATs correspondem a 70% dos trojans, softwares que se escondem no computador para rastrear atividades e, algumas vezes, assumir o controle do computador. De um modo geral, esses programas são fáceis de serem criados e implantados, permitindo que criminosos virtuais capturem imagens das câmeras sem que os proprietários saibam.
Em foto divulgada em seu perfil no Instagram, o criador do Facebook acabou revelando que protege a câmera de seu notebook com uma fita adesiva (Reprodução/Instagram)
Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular
Normalmente, dispositivos conectados apresentam protocolos de segurança padrão fracos e muitas pessoas sequer mudam o código de acesso. Um estudo do site Naked Security, realizado em 2014, revelou que 73 mil webcams conectadas à Internet poderiam ser facilmente acessadas ao utilizar a senha padrão. No caso das câmeras integradas aos computadores, os invasores também precisam ter acesso ao PC, o que pode ser feito através de malwares que contêm códigos executáveis e permitem ligar o dispositivo e enviar os vídeos obtidos para websites ou salvá-los em outras máquinas. Esses programas maliciosos podem chegar aos usuários sob a forma de links perigosos, downloads, ataque de pishing (fraude eletrônica em que criminosos virtuais tentam obter arquivos ou dados pessoais ao se passar por uma pessoa ou empresa confiável), entre outras formas de engenharia social para enganar as vítimas. Então, como posso me proteger?
Cobrir a câmera funciona, mas outras medidas devem ser tomadas (TechTudo/Anna Kellen Bull)
Há diversas maneiras de se proteger desses criminosos e, uma delas, é sim a prática realizada por Zuckerberg: cobrir a câmera com uma fita ou pedaço de papel. Além disso, é importante também ter uma série de cuidados para evitar o acesso desses programas maliciosos aos notebooks e tablets. Dentre essas...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.