Crackle é o serviço de streaming da Sony Pictures Television Networks. Ou seja, o 'Netfix da Sony'. A plataforma on demand, lançada no Brasil em 2012, funcionava de forma gratuita, com a exibição de anúncios e um catálogo limitado, contendo apenas filmes e séries de TV de empresas de propriedade da Sony: Columbia Pictures, TriStar, Screen Gems e Sony Pictures Classics. No início desse ano, porém, o serviço mudou sua estratégia sem muito alarde e lançou um novo modelo baseado em parcerias com operadoras e um catágolo mais recheado.

Crackle, a Netflix da Sony (Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo)

Parceria com operadoras de Internet e TV

Em vez de optar por uma forma de pagamento mensal e com interface direta com o usuário, como a da Netflix, o Crackle conta com a colaboração de operadoras de Internet como a Oi — que oferece a Oi TV — e de serviços de TV por assinatura para alcançar um número maior de pessoas. Isto é, para ter acesso ao conteúdo disponível, agora é necessário ser assinante de pacotes de uma operadora parceira. No Brasil, as alternativas são: Oi TV, TVN, Sumicity e BVCi. A intenção, segundo a plataforma, é expandir as parcerias para mais empresas.

"O lançamento deste novo modelo segue em sintonia com o crescente consumo de banda larga e da expansão da TV por Assinatura na região. A parceria com as operadoras, muitas das quais também distribuem os nossos canais de TV (Canal Sony e AXN), garante que o Crackle chegue a um

... grande número de clientes", explica porta-voz. Segundo a Sony, havia baixa demanda do uso do Crackle no modelo anterior, ainda que grátis.

Operadoras de TV por Assinatura parceiras do Crackle (Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo)

O que mudou?

Com o novo modelo via operadoras, o Crackle permite assistir filmes sem interrupções de publicidade, com qualidade HD, além de oferecer séries originais e exclusivas, como a “Snatch”. O catálogo também ganhou um upgrade: produções internacionais como Black-ish, Marvel's Agent Carter e Criminal Minds entraram para a lista de conteúdos disponíveis.

Títulos de destaque do cinema como Thor, Toy Story 3, Malévola, Homem-Aranha, Homem de Ferro, Piratas do Caribe, Ratatouille, O Livro de Eli e Os Vingadores, agora também podem ser assistidos no serviço.

Onde assistir?

Atualmente, o Crackle está disponível na web pelo site crackle.com e nas versões de app para Smarts TVs, Blu-Ray Players, consoles de videogame, Apple TV, iPhone e iPad (iOS), Kindle Fire, BlackBerry e também celulares ou tablets com Android. Em todos os casos, verifique acesso com a sua operadora de Internet ou login oferecido pela empresa de TV a cabo.

Como escolher opção de áudio no Crackle? Troque dicas no Fórum do TechTudo.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.