O Android Pay está bem próximo de chegar ao Brasil. O Google marcou para 14 de novembro um evento em sua sede em São Paulo para apresentar a novidade aos consumidores. A carteira digital, como é chamado o recurso, permite usar o celular para fazer pagamentos por proximidade, utilizando o NFC do dispositivo. A tecnologia tem o mesmo princípio do Samsung Pay, que já funciona no país, e do Apple Pay, que permanece uma incógnita em território nacional.
Durante a Google I/O 2017, a empresa confirmou que o serviço iria chegar ao país até o final do ano. Na ocasião, também foram anunciados as bandeiras de cartões e os bancos parceiros. A princípio, clientes do Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Caixa e Porto Seguro, com cartões Mastercard, Visa e Elo poderão se cadastrar.
Android Pay dispensa o uso de biometria no pagamento (Foto: Divulgação/Google) Android Pay no Brasil: os detalhes do sistema de pagamentos do Google O Android Pay foi lançado em 2015 nos Estados Unidos como uma solução resposta ao Apple Pay. O serviço funciona como uma carteira digital, na qual o usuário cadastra os cartões de crédito e débito. O pagamento é feito por proximidade, ao encostar o smartphone na máquina de cartões. Ambos os dispositivos precisam ter NFC. Além do smartphone com NFC, o serviço exige como requisito mínimo o sistema operacional Android, a partir da versão 4.4 KitKat. Isso porque foi a partir dela que o Google inseriu na plafatorma o HCE (Host Card Emulator), tecnologia que garante a segurança das operações. O celular, no caso, não precisa de leitor de digitais.
Convite enviado à imprensa pelo Google (Foto: Reprodução/Thássius Veloso) A expectativa é de que o Android Pay no Brasil funcione como nos EUA, permitindo também o pagamento em meios digitais, como compras dentro de apps, o uso de cupons de desconto e milhagem. O serviço de pagamento do Google chega ao país para concorrer com o Samsung Pay. O método de pagamento é compatível com alguns smartphones da marca, entre eles o Galaxy A7 2016 e o Galaxy S7, está disponível no Brasil desde 2016. As duas empresas escolheram o país como o primeiro da América Latina a ter ...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.