A discussão é polêmica, divide opiniões e vira e mexe volta à tona - quase sempre relacionada a algum episódio marcante de violência. Desde os anos 90, os videogames são acusados de incitar o comportamento agressivo e até de incentivar massacres. Os games violentos voltaram a ser alvo de acusações depois da última tragédia nos Estados Unidos, quando um ex-aluno matou 17 pessoas em uma escola na Flórida. Um parlamentar norte-americano disse que não havia dúvida de que os games eram culpados pela tragédia. O presidente Trump também acusou os jogos (e até filmes). E chegou a dizer que se encontraria com os principais membros do mercado de games para ver o que eles poderiam fazer sobre o caso.
Ainda que alguns estudos apontem que o uso de games violentos pode influenciar o comportamento das pessoas, a maioria dos especialistas discorda da ideia; principalmente quando as acusações vêm dos Estados Unidos, onde a maioria dos cidadãos ainda defende a posse de armas. E, se a gente parar para pensar, realmente...

>>> Veja o artigo completo (Fonte)

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.