Por Paulo Alves, para o TechTudo

24/01/2019 14h04 Atualizado 2019-01-24T17:42:43.495Z


A ficha técnica do Moto G7 foi revelada acidentalmente na internet, a partir do próprio site da Motorola no Brasil. Segundo o site especializado Cnet, os detalhes dos futuros celulares estavam acessíveis numa área do portal oficial destinada a colaboradores. A expectativa é de que linha sucessora do atual Moto G6 tenha quatro variantes – todas com notch. O destaque fica por conta do possível Moto G7 Power, que deverá contar com a bateria mais potente do quarteto.

Questionada pela Cnet, a Motorola não confirmou os supostos celulares, mas tirou a página do ar e ainda agradeceu: “obrigado por avisar”. “A política da Motorola é não comentar sobre produtos não anunciados”, informou o escritório brasileiro ao TechTudo.

Os integrantes da linha Moto G7 serão conhecidos em 7 de fevereiro, data em que a fabricante fará um evento de lançamento em São Paulo.

As informações corroboram os rumores a respeito do notch dos celulares. Ao que tudo indica, os smartphones deverão ter telas de 5,7 a 6,24 polegadas com formato 18:9, leitor de impressões digitais na traseira, armazenamento entre 32 GB ou 64 GB e memória RAM de 2 GB e 4 GB.

Os modelos também deverão trazer o processador Snapdragon 632, com exceção do mais avançado Moto G7 Plus. A versão mais sofisticada deverá vir com chip Snapdragon 636, capaz de render melhor desempenho.

O Moto G7 Play deverá continuar sendo a mais simples da linha, com display HD+ e quantidade mais restrita de memória RAM: 2 GB

... . Já o suposto novato Moto G7 Power deverá trazer especificações intermediárias com bateria de 5.000 mAh, a mesma capacidade do Moto E5 Plus.

Apesar do vazamento das especificações, as informações não foram confirmadas pela Motorola. Os smartphones devem ser anunciados em fevereiro.

Via Cnet



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.