Por Isabela Cabral, para o TechTudo 12/02/2019 08h00 Atualizado 2019-02-12T10:00:53.574Z
O Google+ será encerrado 2 de abril, conforme foi anunciado pelo Google em dezembro após um segundo vazamento de dados. A empresa aponta como motivo para o término da rede social a baixa adesão de usuários e os desafios envolvidos na manutenção do produto. Além disso, uma falha de privacidade expôs informações de cerca de 500 mil usuários em outubro.
LEIA: Fracasso: Google dá fim a app que ninguém usava O Google+ será desativado por fases: desde a última segunda-feira (4), não é mais possível criar novos perfis, páginas, comunidades ou eventos. Em abril, os perfis e páginas serão desativados, mas o processo de exclusão do conteúdo das contas pessoais (como posts, fotos e vídeos) deve demorar alguns meses. Os usuários têm a opção de fazer backup de suas contas antes do fim do Google+, em 2 de abril. Entenda o que muda para você com o término da rede social. Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo
Como salvar seus dados Na página da sua conta Google, acesse no menu principal “Dados e personalização” e procure pela seção “Fazer o download, excluir ou criar um plano para seus dados”. Depois, acesse “Fazer o download dos seus dados”. Na tela seguinte, será exibida uma lista com todos os serviços da companhia que você usa ou já usou. Selecione os itens referentes ao G+ que quiser baixar (círculos, comunidades, stream e marcações com +1) e, se preferir, use a setinha para baixo para selecionar apenas dados específicos de cada item, como fotos, eventos ou postagens. No final da página, aperte o botão “Próxima”. Escolha então qual formato, tamanho máximo de arquivo e método de envio você deseja. É possível obter um link de download por e-mail ou adicionar o arquivo ao Google Drive, Dropbox, OneDrive ou Box.
Outras consequências Além de fazer backup dos dados do Google+, é preciso ficar atento a outros efeitos do fim da plataforma. Por exemplo, o login a serviços a partir da conta do Plus não ficará mais disponível e, em alguns casos, será substituído pelo botão de login do Google. A ferramenta de comentários em blogs e sites pela rede social também será desativada. No Blogger, o recurso já foi removido e, em outros locais, ele será retirado até 7 de março. Os comentários feitos pelo G+ em todos os sites serão apagados a partir do dia 2 de abril. Por outro lado, clientes do G Suite, serviço que reún...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.