Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

A empresa de segurança Trend Micro descobriu na Google Play Store Android algumas aplicações muito perigosas que se fazem passar por apps de otimização e utilitários. O problema é que essas apps podem carregar até 3000 variantes diferentes de malware num smartphone infectado. Ou seja, podem imaginar no estado em que ficaria o nosso smartphone. A questão é que essas aplicações foram instaladas um total de 470 mil vezes e ainda se encontram em muitos equipamentos. Entretanto, a Google já removeu as apps maliciosas da Play Store, o que por si só, como disse, não resolve tudo devido à sua presença em vários smartphones.

Play Store Android: apague agora mesmo estas nove aplicações!

Normalmente, sugerimos que os utilizadores da Play Store vejam sempre a a seção de comentários na Google Play Store antes de instalarem uma app de um programador desconhecido. Dessa forma, podemos perceber se estamos perante uma app perigosa. No entanto, por vezes, os utilizadores mal intencionados conseguem plantar vários comentários falsos para chamar à atenção dos utilizadores e nesse caso este conselho que damos serve de pouco.

As 3000 variantes de malware disfarçam-se de aplicações de sistema para que não hajam ícones no launcher ou na lista de aplicações. Assim, o utilizador pode nem saber que o seu smartphone está infectado. Depois, mesmo que descubra, desinstalar a aplicação será bastante difícil. Entretanto, estas apps maliciosas levam os utilizadores a ativarem determinadas permissões do Android e a desativarem o Google Play Protect, que deve verificar se há malware nas apps da Google Play Store antes de serem instaladas.

Para que saiba exatamente o que deve remover aqui estão os nomes das aplicações:

Entretanto, outra informação que parte da empresa Cofense revela que há mais uma ameaça à espreita. Dito isto, um esquema de phishing está a levar os utilizadores a descarregar aplicações Android que contêm um malware chamado Anibus. Esta ameaça chega através de email. São emails que parecem ser de faturas para pagar. No entanto, o anexo não é um verdadeiro pdf. Ao invés disso são APKs que instalam malware.

O problema é que estes APKs roubam dados e palavras-passe, pelo que o utilizador fica realmente em risco. 

Outra coisa que o Anubis pode fazer é realizar capturas de ecrã, alterar configurações, abrir e visitar qualquer URL, gravar áudio, fazer chamadas, roubar a lista de contactos, enviar mensagens, receber, bloquear o dispositivo, obter a localização do utilizador via GPS, procurar ficheiros, encriptá-los e muito mais.

Mas este malware conseguiu ainda outra coisa que vem no seguimento da questão dos comentários que falámos acima. É que este malware fez com que os utilizadores mal intencionados pudessem escrever críticas positivas em nomes de outras pessoas. Isto em aplicações falsas.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@l.pt.


Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.