O Dia do Consumidor 2021 é celebrado nesta segunda-feira (15) e várias lojas do varejo online prometem descontos e promoções de eletrônicos e outros produtos. Algumas práticas simples, como usar comparador de preços e pesquisar cupons de desconto, podem garantir aquisições realmente vantajosas. Além disso, é preciso ficar atento para não cair em falsas ofertas ou golpes financeiros durante as compras pela Internet.

Outra recomendação é sempre desconfiar de promoções fora da realidade, que prometem vantagens além do normal. Nesses casos, é preciso ter cuidado para não cair em golpes de phishing, que podem resultar no roubo de dados bancários e prejuízos financeiros. Confira, a seguir, seis dicas para aproveitar o Dia do Consumidor 2021 com segurança.

Quer aproveitar a Semana do Consumidor 2021? Veja ofertas no Compare TechTudo

1. Use comparadores de preços

Sites comparadores de preços são ferramentas extremamente úteis em períodos de grandes promoções. Essas plataformas exibem o histórico de preço dos produtos nos últimos dias ou meses, permitindo que o usuário confira se valor está realmente em oferta.

Geralmente, sites como Zoom e Buscapé mostram os resultados em lojas online confiáveis em sites de grandes varejistas nacionais, evitando possíveis páginas falsas. O Compare TechTudo, por exemplo, fornece links para que o visitante seja direcionado rapidamente para a página de compra das lojas online, evitando cair em URLs falsas.

2. Use cupons de desconto

Garimpar cupons de desconto pode ser uma boa estratégia para conseguir preços ainda menores durante o Dia do Consumidor 2021. Sites de promoções especializados, como Cuponeria e Cuponomia, reúnem esses tíquetes de desconto, que geralmente podem ser utilizados em milhares de lojas online.

O TechTudo Cupons também disponibiliza vários descontos, seja em dinheiro ou em porcentagem de redução no valor da compra. Em geral, os cupons são válidos em lojas do varejo online, restaurantes, lojas de cosméticos e de eletrônicos.

3. Verifique se o site é seguro

Prefira comprar em sites de marcas conhecidas e que já possuam um histórico de vendas pela Internet. Se estiver desconfiado, confira dados como CNPJ, razão social e endereço físico do estabelecimento — todos esses dados devem ficar visíveis na página. Além disso, vale checar se o endereço do site possui HTTPS e se o ícone de cadeado está presente no seu navegador durante a visitação.

Você também pode consultar a reputação da loja em sites de reclamação, como o Reclame Aqui, para verificar se existem problemas relacionados a fraudes e compras enganosas. Atitudes simples como essa podem evitar compras em sites falsos utilizados para a prática de phishing, em que bandidos desenvolvem páginas fraudulentas com o objetivo de roubar os dados das vítimas durante as transações.

4. Use um cartão de crédito virtual

Se você não se sente confortável em informar o número do seu cartão de crédito em transações online, pode recorrer ao cartão virtual, disponibilizado pela maioria dos bancos, sejam eles com bases físicas ou digitais. Esse recurso oferece uma numeração temporária de cartão de crédito para que você realize uma compra específica. Depois da utilização, o número é descartado e não funciona mais. Assim, você preserva seu cartão de crédito e evita que outras pessoas possam ter acesso a esses dados.

A solicitação de um cartão de crédito virtual pode ser feita pelos próprios aplicativos dos bancos. O limite de compras e a inclusão do valor na fatura perm

... anecem os mesmos do cartão original. Caso o usuário queira realizar novas compras após uma utilização, basta solicitar um novo cartão virtual para que o app forneça uma nova numeração dinâmica. Vale destacar que o serviço não substitui a versão física e só pode ser usado para efetuar pagamentos online.

5. Não acredite em ofertas muito vantajosas

Desconfie sempre que encontrar uma promoção que seja fora da realidade e que ofereça um benefício muito maior do que o normal durante o Dia do Consumidor 2021. No ambiente online, é comum receber ofertas enganosas por e-mail, SMS ou por WhatsApp.

No mensageiro, essas promoções utilizam a imagem de marcas famosas para ludibriar os usuários mais desatentos, que acabam fornecendo seus dados financeiros em formulários ou sites falsos. Por isso, vale destacar novamente a importância de checar a confiabilidade da URL, além de procurar os canais oficiais das marcas para conferir se a promoção é legítima.

6. Não utilize Wi-Fi público ou computadores compartilhados

Prefira fazer compras e acessar suas contas bancárias sempre no seu próprio celular e utilizando a rede móvel da sua operadora ou um Wi-Fi particular. Utilizar uma conexão pública pode abrir portas para que seu tráfego seja rastreado por invasores, deixando suas informações vulneráveis para hackers. Outro perigo é a ação de malwares, que são capazes até de alterar códigos de barra de boletos para desviarem os valores do pagamento. Sendo assim, evite usar redes Wi-Fi públicas em transações financeiras e prefira fazer pagamentos usando o 4G ou sua rede pessoal.

Lojas não-oficiais da Xiaomi são confiáveis? Confira no Fórum do TechTudo.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.