Among Us é um dos jogos mais populares dos últimos tempos. Embora tenha sido lançado em 2018, o game conseguiu superar seus baixos índices iniciais e conquistou o título de mais baixado em smartphones durante 2020. Isso ocorreu porque, durante a pandemia, houve um aumento no interesse das pessoas por jogos sociais. Além disso, no ano passado, muitas gameplays de Among Us feitas por streamers famosos foram publicadas na Twitch, atraindo ainda mais a atenção do público.

O game conquistou jogadores pela sua jogabilidade simples e possibilidade de conexão a grupos de amigos. Hoje, está disponível para download pago no PC (via Steam) e no Nintendo Switch, e gratuito em celulares Android e iPhone (iOS). Apesar de toda a popularidade do título, poucas pessoas conhecem a história por trás de sua criação e desenvolvimento. Confira, a seguir, como foi criado o jogo fenômeno de 2020.

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Quem criou o Among Us?

A responsável pela criação de Among Us foi uma pequena desenvolvedora de jogos eletrônicos estadunidense chamada InnerSloth. A empresa foi fundada em 2015 e, até o lançamento do game de intriga, possuía apenas um jogo: Dig 2 China, cujo objetivo era, como o nome propõe, cavar um buraco até chegar na China. Pelo tamanho diminuto da desenvolvedora, todo o desenvolvimento de Among Us foi feito por apenas três pessoas, sendo elas o programador Forest Willard e os artistas Amy Liu e Marcus Bromander.

Qual é a história por trás do jogo?

Inspirado no tradicional jogo Máfia (também conhecido como Assassino ou Cidade Dorme), Among Us tem uma narrativa que remete ao clássico de ficção científica Alien - O oitavo passageiro”. No filme, uma criatura alienígena está a bordo de uma nave espacial danificada e, durante o processo de reparo, sua equipe sofre diversos ataques do "impostor" em questão.

A tripulação pode vencer de duas maneiras: realizando todas as tarefas e, consequentemente, finalizando os reparos da nave, ou simplesmente expulsando o impostor dela. A segunda opção, que funciona como ponto alto das gameplays de Among Us, ocorre quando um dos tripulantes encontra um corpo (morto) em algum local do mapa, ou quando os jogadores, em conjunto, conseguem expulsar o impostor corretamente.

Apesar de toda a popularidade e acessibilidade que o jogo apresenta nos dias de hoje, o seu passado era bem mais enxuto e limitado. No planejamento inicial, Among Us era exclusivamente mobile, com multiplayer local e apenas um único mapa disponível. Além disso, os resultados iniciais não foram satisfatórios para a sua desenvolvedora, especialmente do ponto de vista comercial. O seu time de programadores e designers, no entanto, não desistiram do título e continuaram lançando atualizações constantes. Hoje, é possível afirmar que a persistência deles rendeu bons frutos.

Quando foi lançado e para quais plataformas?

Atualmente, é difícil encontrar alguém na internet que não conheça Among Us. Mesmo que superficialmente, boa parte dos internautas sabe que o jogo se tornou febre durante a segunda metade de 2020. O que muitos não imaginam, porém, é que o game tenha sido lançado em 2018, dois anos antes de se tornar viral.

Lançado originalmente apenas para smartphones Android e iOS, o jogo logo chegou ao Steam, em uma versão paga. Recentemente, em dezembro de 2020, o Nintendo Switch entrou para a lista de dispositivos compatíveis com o jogo, sendo esta a primeira versão para console de Among Us. Há, ainda, a previsão de lançamento do jogo para Xbox One e Xbox Series X/S em 2021.

Qual é o significado do termo Among Us

... ?

Em tradução literária, Among Us significa “entre nós”. O termo em inglês (idioma original do jogo) é utilizado, assim como no filme citado anteriormente, em referência ao antagonista da narrativa, o impostor. Como uma espécie de trocadilho, o título aponta o problema central do game, alertando para a existência de um vilão infiltrado entre os outros tripulantes da nave.

A ascensão meteórica e a viralização de Among Us

Alcançando um pico médio de 25 jogadores simultâneos durante os seis primeiros meses após o seu lançamento, parte do fracasso inicial de Among Us se justifica na escassa divulgação e marketing de sua desenvolvedora. Isso, pelo menos, é o que afirmou o designer Marcus Bromander, em entrevista ao veículo especializado Kotaku. Na época, nem mesmo as gameplays de streamers brasileiros e sul-coreanos conseguiam tirar os números do game do fundo do poço.

Porém, em julho de 2020, a realidade do jogo começou a se modificar. Foi Chance “Sodapoppin” Morris, dono de um canal com mais de seis milhões de seguidores na Twitch, o responsável pelo início da nova fase de Among Us. Seguido por uma série de outros streamers, suas gameplays do título da Innersloth se tornaram cada vez mais populares, e esses resultados se concretizam em números.

Segundo os levantamentos da plataforma TwitchTracker, em poucos meses, a quantidade de canais transmitindo partidas de Among Us na Twitch subiu quase 24 mil por cento. Já o número de pessoas assistindo apresentou uma crescente ainda maior, com pouco mais de 119 mil por cento.

Desempenho de gameplays de Among Us na Twitch
Fonte: TwitchTracker

Com um aumento tão expressivo na plataforma, o game começou a se popularizar cada vez mais. Justamente durante o isolamento social, período em que, segundo estudos feitos pelo conglomerado de mídias Verizon, houve um crescimento de 75% no consumo de jogos eletrônicos online.

Por isso, a possibilidade de se reconectar com os amigos em um jogo simples, leve e gratuito (em sua versão mobile) formulou a receita perfeita para o sucesso do título. Desde então, Among Us é presença garantida nas calls e grupos de amigos, que fazem da partida um momento de descontração.

Qual a cor mais suspeita em Among Us? Comente no Fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

A primeira plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.