A Team Vikings venceu a Gamelanders e se sagrou campeã do Valorant Masters Brazil, na noite deste domingo (21). A VKS veio de uma vitória dominante contra a paiN Gaming, ocorrida no sábado (20), e chegou à final com moral para buscar seu título no campeonato. Em mapas bem controlados durante a série melhor de cinco partidas (Md5), a VKS ignorou o favoritismo de seus adversários, contou com belas atuações individuais de seus jogadores e conquistou uma vitória sem grandes sustos por 3-0, parciais de 13-8, na Haven, 13-9, na Bind, e 13-11, na Icebox.

Com o resultado, a Team Vikings levou para casa a taça a premiação de R$ 90 mil. Além disso, também foram garantidos 100 Pontos de Circuito, que são importantes no caminho para a classificação ao Valorant Champions, o mundial de Valorant que ocorre no final do ano. Confira, a seguir, os destaques da série que definiu o campeão do Valorant Masters Brazil.

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Mapa 1 (Haven) - Vitória da Team Vikings

A Haven começou com um round em que a Team Vikings iniciou dominante, mas que Guilherme "Nyang" Coelho (Cypher) trouxe a vitória para a Gamelanders com um 3K. A recuperação da VKS chegou rapidamente, com uma vitória tranquila no primeiro round armado, graças à boa leitura de Matias "Saadhak" Delipetro (Cypher) no Spikesite A. Depois, a GL passou a ter dificuldades em invadir os Spikesites, não encontrava espaço nos after plants e viu a VKS abrir 5-2 no placar. Leonardo "mwzera" Serrati (Jett) ainda trouxe um round para a GL com quatro eliminações, mas a VKS seguiu superior e fechou essa metade em 8-4.

Na virada de lados, mwzera voltou a ser o diferencial para a GL, virou um round pistol praticamente perdido com uma boa entrada no Spikesite C e deu o espaço para sua equipe vencer a rodada. A GL equilibrou o jogo na defesa, chegando ao 10-8 no marcador, e teve a oportunidade de se aproximar em vitórias, mas Gustavo "Sacy" Rossi (Sova) fez um belo clutch com três eliminações e impedindo, no último segundo, o defuse da spike. Com o matchpoint em mãos, a VKS garantiu sua vitória em mais uma boa jogada de Saadhak e abriu 1-0 na série com um 13-8 na Haven.

Mapa 2 (Bind) - Vitória da Team Vikings

Em seu mapa de escolha, Team Vikings conseguiu vencer o pistol dessa vez, muito por conta da boa leitura de Leandro "frz" Gomes (Sova), que pegou a Gamelanders completamente desprevenida. A GL, no entanto, buscou rápido a recuperação com um round forçado e adquiriu a vantagem no confronto ao buscar a virada em 2-1. A VKS devolveu com a mesma moeda com um novo clutch de Gustavo "Sacy" Rossi (Sova) e virou o jogo com um round perfeito. A GL passou a cometer muitos erros individuais e, quando encontrou algum espaço, o perdeu em um retake incrível da VKS, que buscou a vitória nessa metade em 8-4.

Na defesa, a GL mostrou uma nova postura e fez três rounds muito rápidos, diminuindo bastante a diferença no marcador. Em um round forçado, a VKS se via em uma situação complicada, mas, com apenas 14 de vida, Gustavo "gtnziN" Moura (Raze) eliminou sozinho dois adversários para impedir o defuse e colocar sua equipe de volta no caminho das vitórias. Com boas entradas e jogadas individuais, a VKS chegou ao matchpoint, foi paciente, aproveitou de sua vantagem e venceu a Bind em 13-9.

Mapa 3 (Icebox) - Vitória da Team Vikings

A Gamelanders iniciou a Icebox, seu mapa de escolha, com vantagem, muito por conta das boas eliminações de abertura feitas por Leonardo "mwzera" Serrati (Raze) e Fernando "fzn" Cerqueira (Sova), e conquistou quatro vitórias em sequência pela primeira vez na série. Matias &

... amp;quot;Saadhak" Delipetro (Sage) até apareceu bem pela Team Vikings, com três eliminações para quebrar a sequência de seus adversários, mas a GL seguiu melhor em seus combates, principalmente pelo spikesite A, e garantiu uma excelente vantagem de 9-3 nessa primeira metade.

No segundo round pistol, Gustavo "gtnziN" Moura (Raze) buscou uma bela jogada para impedir o defuse da spike contra dois adversários. Nas duas rodadas seguintes, a VKS sofreu contra a defesa da GL, mas Saadhak e Leandro "frz" Gomes (Jett) fizeram dois lindos clutchs para que sua equipe diminuísse a desvantagem para 9-6 no marcador e logo buscasse o empate em 9-9. A VKS não conseguiu a virada de imediato e viu a GL abrir 11-9.

A recuperação se deu após uma excelente movimentação para o spikesite A, ao enganar a GL completamente, fazer o 11-10, quebrar a economia de seus adversários e chegar ao empate em 11-11. A virada chegou no trabalho no meio realizado por Gabriel "sutecas" Dias (Omen), que deu todo o espaço para sua equipe finalmente se colocar na frente do placar e chegar ao match point. Por fim, em um round rápido, a VKS buscou a vitória, fechou a Icebox em 13-11 e se sagrou campeã do Valorant Masters Brazil.

O Valorant Masters Brazil foi a final da primeira etapa do Valorant Challengers Brazil. A segunda etapa começa no dia 27 de março com as oito equipes que avançarem das classificatórias abertas. Vale destacar que a final da segunda etapa no Brasil dá duas vagas para o Valorant Masters Reykjavík, um torneio internacional de Valorant que acontece no mês de maio. A competição, que será realizada presencialmente na cidade de Reykjavík, Islândia, reúne dez equipes vindas de todas as regiões competitivas do game.

Com informações de PlayValorant e Liquipedia

O que vocês acham de Valorant? Comente no Fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

A primeira plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.