Magic: The Gathering Arena é a versão virtual do tradicional card game da Wizards of The Coast. Assim como em outros jogos de cartas, Magic Arena tem em sua história algumas cartas que marcaram época por serem muito poderosas e desbalanceadas. Não é raro, inclusive, que alguns cards precisem ser banidos de certos formatos para restaurar o equilíbrio do jogo e não deixar que todas as estratégias girem ao redor delas.

Gratuito para baixar e jogar no PC e no celular (Android), o jogo foi lançado em 2017 e conta com modos casuais e competitivos, além de uma base de cartas que incorpora novos lançamentos e cards mais antigos do MTG, sucesso também em sua versão física, que existe desde 1993. Confira a seguir quais são as cartas mais "apelonas" do MTGA.

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Oko, Ladrão de Coroas

Lançado no final de 2019 na coleção Trono de Eldraine, o planeswalker "Oko, Ladrão de Coroas" é um daqueles cards que pode passar despercebido por jogadores menos experientes. Apesar disso, suas habilidades opressoras foram suficientes para fazer com que ele fosse banido de praticamente todos os formatos de Magic, incluindo todos os disponíveis no Arena.

Capaz de neutralizar basicamente qualquer ameaça do oponente e ainda ganhar pontos de lealdade, o card inviabilizou diversas estratégias, fazendo com que o metagame do Magic girasse em torno dele, seja com decks baseados em Oko ou naqueles que tentavam (sem sucesso) lidar com o planeswalker.

Era Uma Vez

Mais um dos cards problemáticos de Trono de Eldraine, "Era Uma Vez" se destacou por motivos bem diferentes dos de Oko, mas também precisou ser rapidamente banida de vários dos formatos de Magic. Além de tornar decks verdes muito fortes, a carta também garantia inícios de jogo muito consistentes para os baralhos da cor.

Podendo ser conjurada de graça no início das partidas, a mágica instantânea escalou rapidamente para a posição de uma das mais usadas em diversos formatos, e estimulava mais do que nunca a inclusão da cor verde nos decks.

Teferi, Manipulador do Tempo

Uma das estrelas da edição Guerra da Centelha, Teferi é uma daquelas cartas que marcou uma época no Magic: The Gathering, tamanho seu impacto no jogo. Considerado por muitos uma das ameaças mais difíceis de se enfrentar da história recente do jogo, o planeswalker se manteve legal nos formatos do Arena por um bom tempo, até terminar banido.

Impedindo que os oponentes conjurem mágicas instantâneas fora de suas fases principais, o card era resposta praticamente definitiva para diversas estratégias. No comunicado de seu banimento do formato Padrão, a Wizards revelou que já pensava em remover a carta há algum tempo, já que ela limitava as interações em certas partidas.

Uro, Titã da Ira da Natureza

Card mais recente a causar grande impacto nos formatos do Magic Arena, Uro foi uma das criaturas que dominaram o jogo, graças a seu enorme valor durante as batalhas. Aceleração de mana, ganho de vida, vantagem de cards e um corpo robusto que podia voltar do cemitério transformaram o titã em um pesadelo para os oponentes.

Seu reinado só terminou em setembro de 2020, quando a Wizards decidiu que a carta era simplesmente forte demais para seguir em ação no formato Padrão. Desde então, Uro também foi removido de Histórico, Pioneiro e até mesmo Modern, onde é mais comum a presença de cartas muito poderosas.

Véu do Verão

"Véu do Verão&qu

... ot; fecha o trio de cartas verdes ridiculamente fortes impressas em Trono de Eldraine que precisaram ser banidas a título de urgência no Magic Arena. Custando apenas uma mana verde, a mágica instantânea tem uma série de efeitos, que além de proteger o jogador, garante a compra de uma carta extra, recurso valioso no game.

Por ser muito forte, eficiente e barato, em um ambiente no qual decks verdes já eram muito dominantes, a Wizards optou pela remoção do card, que também terminou banido nos modos Histórico e Pioneiro pelos mesmos motivos.

Quais são os 10 melhores jogos na sua opinião? Comente no Fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

A primeira plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.