Project
Cars já foi lançado no mercado, mas o game de corrida também é grande
atração da Brasil Game Show 2015. O jogo recebeu uma grande montagem no
estande da Nvidia, com um cockpit de três telas 4k, que somavam resolução 12K,
além de um computador que custa R$ 40 mil, com três placas de vídeo de
ponta – valor mais caro do que um carro popular.
Forza Horizon 2: novo vídeo mostra carros do DLC Velozes e Furiosos
O TechTudo teve a oportunidade de testar o game com todo esse potencial gráfico, e podemos dizer que não há um outro jogo que consiga apresentar tamanho realismo. Confira o nosso teste:
Experiência imersiva
A
jogabilidade de Project CARS já é realista, mas nessa grande estação
ele eleva ainda mais a imersão. Não apenas pelos controles que o cockpit
proporciona, com direito a volante, pedais e poltrona que simula o
interior de um carro de corrida, mas também pelos telões – três de
resolução 4K cada, somando 12K no final.
project cars (Foto: Victor Teixeira /TechTudo)
É
importante frisar que os telões englobavam toda a visão do jogador,
desde o centro do veículo, passando pelos retrovisores e também pelos
cantos da pista. Mesmo com todo o público em volta, e o barulho da BGS
2015 nos outros estandes ao redor, o jogador fica completamente
envolvido com o game, sem se distrair ou sair do objetivo central.A
resolução não é apenas importante para lidar com o realismo que Project
Cars apresenta, mas também mostrar os detalhes do tr...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.