Os fones de ouvido Mi In-Ear Headphones da Xiaomi começam a sair da China e a ganhar o mercado internacional. Os acessórios da “Apple chinesa” aliam custo baixo e desempenho que vem sendo elogiado em virtude da alta tecnologia que a Xiaomi afirma estar presente nos fones: fios envolvidos com kevlar, nada de plástico e drivers duplos são alguns exemplos. Em relação aos preços, nos Estados Unidos, os Mi Headphones são vendidos por US$ 29,90 (ou R$ 115, em conversão direta). Fones sem fio se adaptam ao ouvido e fazem sucesso na Internet Levando-se em consideração o mercado norte-americano, os fones da Xiaomi competem numa faixa de preço povoada por modelos de qualidade inferior. Os populares EarPhones da Apple, por exemplo, são vendidos pelo mesmo valor.
Xiaomi emprega alta tecnologia em fones de ouvido voltados para o mercado de entrada (Foto: Divulgação/Xiaomi)
Enquanto o fone da Apple é de plástico, a Xiaomi apresenta os seus in-ears como concebidos com o uso de materiais empregados na indústria aeroespacial, como o kevlar que dá resistência aos fios, e uma liga metálica com a mesma origem empregada nos diafragmas (estrutura que vibra ao receber energia e reproduz o som). Outro detalhe anunciado pela Xiaomi é a câmara de som com design diferente do convencional. Nesse espaço, o ar flui de forma a potencializar frequências intermediárias e sons graves. A Xiaomi valoriza tanto essa solução que, na página oficial do produto, afirma ter patenteado a ideia da câmara.
Xiaomi usa kevlar para dar mais resistência aos cabos dos Mi in-ear (Foto: Divulgação/Xiaomi)
Com tanta tecnologia aplicada, os fones da Xiaomi podem competir com produtos mais caros, j...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.