Está pensando em fazer um upgrade em seu computador ou notebook? Que tal começar pela unidade de armazenamento? Muitos ficam na dúvida se compram um SSD ou optam por um HD de maior capacidade.
O que é HDD? Conheça a tecnologia que guarda seus dados ‘para sempre’ Embora tenham objetivos similares, estes dois componentes utilizam tecnologias diferentes. Veja neste artigo um comparativo entre esses dois componentes e veja qual é o mais potente, de maior espaço e mais barato e, assim, saiba qual se adequa melhor ao seu perfil de uso. Capacidade
É comum encontrarmos HDs com 4 TB de armazenamento (Foto: Divulgação/Seagate)
Os HDs são conhecidos pela sua alta capacidade de armazenamento. Não é nada difícil encontrar discos rígidos com 1, 2, 4 e até mais Terabytes de armazenamento. O melhor disso tudo é que os preços não sobem muito à medida que você escolhe HDs com capacidades maiores. Os discos rígidos possuem o menor custo x benefício por MB dentre as unidades de armazenamento. Já os SSDs têm nesse quesito sua principal desvantagem. O custo por MB é bastante elevado. Geralmente, SSDs de 256 GB custam muito mais que um HD de 2 TB, por exemplo. Os preços dos SSDs começam a ficar um pouco mais acessíveis quando chegamos nos modelos de 128 GB ou 64 GB. Mas, convenhamos, se você guarda muitos arquivos de vídeos ou fotos de alta resolução, 128 GB não dá nem pra começar. Portanto, se você quiser um computador com amplo espaço de armazenamento, a compra de um HDD é a mais recomendada.
Faça o download grátis do app do TechTudo e receba dicas e notícias de tecnologia no seu Android ou iPhone Velocidade
Os SSDs são muito mais rápidos que os HDDS (Foto: Divulgação/HyperX)
Se os HDs deixam os SSDs no chinelo quando falamos de capacidade de armazenamento, o mesmo não acontece no quesito velocidade. Os SSDs são muito mais rápidos que os discos rígidos. Os discos de estado sólido não possuem partes móveis. Ele possui apenas memórias flashs, que são muito mais rápidas. Os HDs utiliza um prato magnético para salvar os dados. Esses dados são acessados através de um braço mecânico, que precisa percorrer todo o disco em busca dos arquivos. Se o HD estiver desfragmentado a situação piora, pois o braço mecânica terá que dar mais voltas no prato magnético em busca de todas as partes daquele arquivo. Já nos SSDs, como não partes móveis e todos os arquivos estão guardados em módulos de memória flash, é muito mais rápido acessar um dado ou inicializar um programa ou o pr...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.