Celulares com preço entre R$ 2 mil e R$ 3 mil ainda são menos comuns do que aqueles com valores mais em conta. Ainda assim, o número de opções vem aumentando nos últimos meses. As câmeras tendem a ser melhores; as telas costumam ser maiores; e o poder de processamento, mais robusto. Para te ajudar a decidir o seu próximo smartphone, montamos esta listagem com os cinco melhores telefones de até R$ 3 mil.
Cinco melhores celulares até R$ 1 mil para comprar no Brasil Todos eles estão disponíveis para comprar nas lojas brasileiras. Você vai reparar que alguns ostentam recursos bem interessantes, como a proteção contra água e a caneta para anotações. Confira na listagem abaixo.
– Moto X Style
Moto X Style é smart completo com recarregador acelerado (Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo)
Download grátis do app TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu Android ou iPhone
Um dos melhores smartphones da Motorola em 2015, atrás somente do super-resistente Moto X Force, o Moto X Style traz um conjunto digno de top de linha. Entre as especificações, se destacam a tela Quad HD (1440 x 2560 pixels) de 5,7 polegadas, a câmera de 21 MP, o corpo resistente à água e o carregador Turbo, que fornece bastante energia com poucos minutos na tomada. Além disso, o smartphone é dual-sim e vem com uma tecnologia que escolhe o chip de acordo com o número do destinatário, para economizar na conta. Outras especificações incluem processador hexa-core Snapdragon 808, 3 GB de RAM e armazenamento interno de 32 GB, com entrada para cartão de memória de até 128 GB. O ponto fraco é o peso: 179 gramas, mas nada que seja decisivo a ponto de não comprá-lo por, em média, R$ 2.200 no varejo online.
– Galaxy S6
O Galaxy S6 tem design refinado e corpo leve (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)
A Samsung também não economizou nas especificações do S6. Ele traz um potente processador octa-core Exynos 7420, 32 GB ou 64 GB de armazenamento e 3 GB de RAM, além de um sensor de impressões digitais. Como o Moto X, também vem com carregador rápido que entrega quatro horas extras de uso com apenas 10 minutos de carga, segundo a fabricante. Com exceção à falta de slot para cartão de memória, não há muito o que criticar o aparelho, que custa cerca de R$ 2.600. A sexta geração da família Galaxy foi totalmente reformulada em 2015, trazendo como principais novidades as melhorias no design. O aparelho abandonou completamente o plástico e adotou vidro e metal na construção, tor...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.