Usuários de serviços e-mail como Gmail, Outlook.com e Yahoo Mail pode ser vítimas de uma grande variedade de vírus e malwares que usam a sua conta para o envio de spam. É fácil perceber quando seus amigos recebem mensagens do seu endereços de e-mail, mas que você não enviou.
Como saber se o seu e-mail foi lido
Seja para proteger seus dados pessoais e bancários recebidos por mensagens de e-mail, proteger os seus contatos ou seja para evitar contaminação no seu computador, é preciso tomar atitudes rápidas para evitar problemas. O TechTudo reuniu dicas sobre como tirar vírus do e-mail.
Vírus de e-mail podem colocar em risco informações do usuário (Foto: Arte/TechTudo)
1) Investigue quando o problema começou Um importante passo para acabar com o problema, embora ignorado por muitos usuários, é a investigação da origem do problema. Para isso, pergunte a algum amigo que esteja recebendo e-mails de SPAM da sua conta quando o problema começou. Fora isso, investigue o teor das mensagens para verificar se elas mantém um padrão ou não.
Como encaminhar vários e-mails no Gmail? Veja dicas no Fórum do TechTudo. Com informações sobre a data do primeiro e-mail, reflita sobre o que fez naquele dia. Por exemplo, você se conectou com um e-mail em um computador diferente? Baixou algum arquivo estranho na Internet? Clicou em algum link que prometem mudanças em redes sociais? Com essas perguntas, é possível chegar mais próximo da origem do problema. 2) Confira dispositivos e históricos de conexão à sua conta Se você desconfia que usou um computador infectado ou há alguém conectado à sua conta, um bom passo é acessar o histórico de logins. No Outlook ou Hotmail, basta acessar “account.live.com” e fazer o login na página. Em seguida, clique na aba “Segurança e privacidade”, seguido por “Ver minhas atividades Recentes”.
Vírus de e-mail podem estar relacionados a conexões não autorizadas pelo usuários (Foto: Reprodução/Elson de Souza)
No Gmail, toque no botão de engrenagem e, logo após, em “minha conta”. Na coluna “Login e segurança”, toque sobre “Notificações e atividades do dispositivos” e, por em, em “Analisar eventos”. Na lista que aparece, note se há alguma atividade suspeita. 3) Verifique os serviços conectados à conta Diversos aplicativos da web e de celulares contam com conexões às contas do Google e da Microsoft, o que pode apresentar riscos de uso mal intencionado. Para verificar as conexões ao seu Outlook, volte a “account.live.com”,...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.