Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O G Flex 2 é o novo esquisitão do mundo dos smartphones. O recém-anunciado da LG chega com uma tela curvada de 5,5 polegadas, traseira que se autorregenera e com um hardware para colocá-lo na lista do smartphones top de linha, como aconteceu com seu predecessor. A novidade foi anunciada durante a CES 2015, feira de tecnologia que acontece em Las Vegas, Estados Unidos, e nós fomos conferir de perto.

Veja todos os lançamentos apresentados pela LG na CES 2015

LG G Flex 2 traz um design caprichado, com destaque para a tela curvada (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)LG G Flex 2 traz um design caprichado, com destaque para a tela curvada (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

Com o G Flex 2 em mãos, o que a princípio parecia uma ideia ruim logo começa a fazer sentido. O aparelho tem uma acentuada curvatura que remete... bem, aos telefones de antigamente. Ele encaixa surpreendentemente bem na mão e parece ideal para ser usado como telefone, seguindo o formato do rosto. 

A LG repetiu o sucesso do ano passado e reutilizou a lógica da traseira que se autorregenera no G Flex 2, no melhor estilo Wolverine. Os riscos e arranhões superficiais simplesmente desaparecem após algum tempo, dando um aspecto sempre de novo. A textura da traseira, aliás, lembra muito o que víamos no LG G2, uma espécie de plástico brilhoso, mas vem em duas opções de cor: cinza e vermelho.

Qual é o smartphone mais esperado de 2015? Comente no Fórum do TechTudo!

Se o G Flex pioneiro era um monstro com tela de 6 polegadas, o G Flex 2 é mais elegante com seu display OLED Full HD. Dentro da lógica de telas cada vez maiores, é raro de se ver por aí um smartphone de nova geração que seja menor e mais discreto que seu antecessor. A LG, no entanto, fez certo em diminuir a tela do G Flex: o aparelho ficou mais confortável, mais bonito e mais discreto. Ah, e o Full HD, contra o HD anterior, fez toda a diferença.

LG G Flex 2 (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)LG G Flex 2 (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)



Os componentes internos do G Flex 2 usam a mesma fórmula do que vimos no LG G3. Temos um processador de ponta da Qualcomm, o Snapdragon 801, 2 ou 3 GB de RAM, e opções de 16 ou 32 GB de armazenamento interno, expansíveis via cartão microSD. A câmera tem 13 megapixels e conta com o foco a laser, que atua de forma superrápida nos cliques. A bateria é de 3.000 mAh, um certo retrocesso em comparação com a gigante bateria de 3.500 mAh passada.

G Flex 2 tem uma tela curvada que deixa o aparelho "estranho", mas bonito (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)G Flex 2 tem uma tela curvada que deixa o aparelho "estranho", mas bonito (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)



O hardware veio com um upgrade de software também: o G Flex 2 roda o novíssimo Android 5.0 (Lollipop), o que pode ser imediatamente notado pelos botões virtuais na parte inferior da tela, no esquema triângulo-círculo-quadrado. O ponto negativo é que algumas novidades visuais do sistema ficaram escondidas pela personalização da LG, que não mudou muito.

O LG G Flex 2 tem uma boa pegada na mão do usuário (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)O LG G Flex 2 tem uma boa pegada na mão do usuário (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)



O futuro dos smartphones é a tela curvada? Por aqui nós apostamos que não, mas que o G Flex 2 é um carinha bem bacana de se ver nas lojas, isso é. O aparelho, porém, ainda não tem data nem preço estimado para ser lançado no mercado brasileiro.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.