PES 2016 tem o modo MyClub como um dos grande atrativos, tanto que virou uma atração à parte, um game gratuito disponível em formato digital. Como diz o nome, este modo permite que o jogador crie o seu próprio clube. E para isso, claro, nada melhor do que contratar os atletas e técnicos de quem você mais gosta.

Review: PES 2015 ganhou nota 9,5 do TechTudo; leia a análise completa

Para fazer isso, é preciso apenas jogar o modo MyClub e acumular olheiros, que têm uma lista de jogadores disponíveis gratuitamente, GP (moedas virtuais ganhas a cada partida – ou tarefa completada) e Moedas MyClub (também ganhas com desafios, mas que podem ser compradas com dinheiro real na PS Store).

Contratações de jogadores no MyClub são divertidas em PES 2016 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Vale lembrar que não há como contratar um jogador específico. As contratações acabam sendo todas aleatórias. Ou seja, é preciso ter muita sorte! Confira o tutorial abaixo.

Passo 1. Acesse o menu “Contrato” dentro do MyClub;

Vá ao menu de Contrato no MyClub de PES 2016 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Passo 2. Existem cinco opções de contratações, divididas como mostra a imagem abaixo. Basta selecionar uma das opções e fazer a negociação;

Esta é a tela das possíveis contratações de PES 2016 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Contratação por Olheiro

A primeira delas é a contratação por meio de um “Olheiro”. Você “ganha” olheiros após cada jogo. Cada um pode ter uma especificação diferente, como de posicionamento dos atletas, liga onde jogam, etc. Estas contratações são bem simples: selecione o olheiro e inicie a negociação. É de graça, mas a chance de a contratação ser boa é pequena;

Olheiros garantem jogadores de graça no MyClub de PES 2016 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Contratação por Empréstimos

A segunda opção é a dos empréstimos, que tem uma lista de jogadores que vai variar a cada dia. Quando contratar um atleta por empréstimo, você só poderá utilizá-lo por um período bem limitado – sem opção de renovação de contrato;

Empréstimos são soluções a curto prazo para seu time em PES 2016 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Contratação por Melhores Empresários

Depois vêm os melhores empresários. Sempre você contratará um jogador que tenha qualidade ouro ou preta. Os preços são

... mais altos (10.000 GP), porém “a garantia” é de um atleta de bom “overall”. Você pode contratar por posição: goleiro, defesa, meio ou ataque. Boa opção para reforços mais fortes e pontuais para o seu time. Um detalhe pra quem joga PES dos tempos de Winning Eleven: confira os nomes dos empresários;
Empresários vendem jogadores por posições em PES 2016 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Contratação por Empresário Especial

Por períodos de tempo determinados pela Konami, normalmente semanalmente, há algum agente especial, que negocia jogadores com uma característica única: “patrocinados pela Nike”, “lendas”, “melhores do mês” e por aí vai. Também custam 10.000 GP, apenas ouro ou preto, mas são “vendidos” sem divisão por posição, e todos os jogadores que poderão sair nas bolinhas devem estar naquele critério citado pelo agente.

Agente especial muda, normalmente, a cada semana em PES 2016 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Contratação de treinadores

Além dos jogadores, você precisa contratar técnicos. Quanto mais habilidade e liderança ou adaptabilidade eles tiverem, mais caros ficam. Cada técnico tem uma formação tática, que é a que seu time vai usar. A maioria dos grandes treinadores estão disponíveis para compra via moedas MyClub, mas com GP são desbloqueados só com o progresso que seu time tem.

Uma dica importante é: economize e junte suas moedas para comprar um bom treinador. Quanto melhor o técnico, mais atletas de alto nível ele pode ter no mesmo time, e isso faz toda a diferença.

Bons técnicos são fundamentais no PES 2016 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Dicas

A primeira dica é: não há “mandinga”, “segredo” e nem nada disso para tirar as bolas pretas, que são as que têm os melhores jogadores do game. É tudo probabilidade, e, quando você vai contratar um jogador, passa por uma roleta mesmo, que segue uma ordem aleatória e para. Parar no “minuto nove”, contar seis bolas após a sua e outras “técnicas” que viraram “mitos” na web são, de fato, apenas mitos.

Jogadores contratados são totalmente aleatórios em PES 2016 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Outra boa informação é: combine os seus olheiros. Quantos mais estrelas um olheiro tiver, melhor a chance de ele conseguir um jogador de acordo com a característica, e caso você o combine com outro que tenha um número de estrelas alto, mais chances também de ele combinar as duas características.

Confira a lista com os jogadores que podem ser contratados no MyClub de PES 2016 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Um exemplo: caso você queira muito o atacante Ibrahimovic, por exemplo, uma boa é esperar contar com olheiros como “Liga Francesa”, “Posição: CA”, “Mais de 30 Anos”, “Mais de 1,90m de altura”, e combiná-los na hora de negociar. Assim, você aumentará suas chances de tirá-lo na bola preta.

Tenha o maior número de espaços para jogadores possível. Assim, é possível variar o elenco, contratar bastante e o melhor: não ficar refém de renovações de contrato ou de capacidade física. Mas não fique mudando seus jogadores/técnicos toda hora, senão o entrosamento da equipe cai, e o grupo irá render menos.

PES 2016: torneios de agentes especiais dão um jogador de graça no fim (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Outras dicas interessantes: ao apertar Triângulo no PS4 ou Y no Xbox, você pode ver a lista de jogadores que estão disponíveis em determinado empresário. É uma ótima ideia para não ser “enganado”. Além disso, a cada agente especial, é feito um torneio offline – que caso você vença, ganhará, de graça, um jogador do mesmo. Vale a pena!

Fifa 16 ou PES 2016: qual jogo é melhor? Comente no Fórum do TechTudo!



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.