Dragon’s Dogma: Dark Arisen é um RPG de mundo aberto da Capcom, lançado em 2013 para PlayStation 3 e Xbox 360. O título agora está ganhando sua versão para PC no Steam, que promete gráficos aprimorados, 60 FPS e uma performance superior a dos consoles. Leia o review de Dragon’s Dogma: Dark Arisen para PS3 e Xbox 360 Mesmo dragão, melhores escamas Passando por quimeras e terríveis dragões, Dragon’s Dogma finalmente chegou ao PC quatro anos após o seu lançamento para os consoles. A espera foi um pouco longa, mas recompensadora para aqueles que queriam uma segunda oportunidade de explorar Gransys ou testar suas habilidades na Bitterblack Isle.
Dragon's Dogma: Dark Arisen ganha gráficos e texturas aprimorados (Foto: Reprodução/Tais Carvalho)
No entanto, não espere novidades em termos de história ou jogabilidade. O destaque desta versão adaptada são os gráficos. Pode parecer pouco, mas para quem jogou o game no Xbox 360 e PS3, as mudanças visuais e de performance são significativas. Especialmente porque Dragon’s Dogma, mesmo com imperfeições, ainda tem conteúdo suficiente para se destacar entre os RPGs que surgiram desde o lançamento. Versão otimizada Dragon’s Dogma mostra um melhor desempenho no PC, tanto na qualidade dos gráficos e texturas, quanto na performance do game. Apesar de ser um título de 2012, seus gráficos envelheceram bem, de modo que você não sinta que está jogando um game de quatro anos de idade.
Dragon's Dogma: Dark Arisen tem melhor performance no PC (Foto: Reprodução/Tais Carvalho)
Os cenários receberam um capricho especial, principalmente na iluminação. Claro que não há como fazer milagres ou mudanças drásticas nos gráficos da geração passada, mas você nunca viu Ciclopes tão bonitos nos consoles. O jogo conta com várias opções para você melhorar texturas, expandir seu campo de visão e ainda permite que você rode o game a 60 quadros por segundo. Apenas com esse detalhe, boa parte dos problemas que os jogadores tinham na versão de PS3 e Xbox 360 foram resolvidos. A performance inconsistente atrapalhava a experiência do jogo e a jogabilidade. Agora é possível mergulhar em combates com quinze, vinte criaturas ao mesmo tempo sem que a taxa de quadros caia. O jogo também não é pesado e pode rodar em máquinas robustas e em PCs com configurações inferiores aos requisitos recomendados.
Dragon's Dogma: Dark Arisen: não há como fazer grandes mudanças, mas os gráficos certamente estão melhores (Foto: Reprodução/Tais Carvalho)
Va...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.