O Xperia Z5 teve lançamento no Brasil com a promessa de entregar a melhor câmera de celular, ainda que por um preço mais elevado. Ele enfrenta rivais como o LG G4 e iPhone 6S e Galaxy S6. Seu antecessor, o Xperia Z3+ continua sendo outra boa opção de smartphone da Sony que deve ser considerada pelos amantes da marca.

Xperia Z5 vale a pena? Especificações são boas, mas preço assusta

Então qual escolher na disputa Xperia Z5 vs Xperia Z3+? Acompanhe neste comparativo entre as câmeras e saiba quais são as diferenças dos dois modelos em aspectos que vão além da quantidade de megapixels.

Xperia Z5 ou Xperia Z3+: qual celular tem a melhor câmera (Foto: Divulgação/Sony)

Megapixels e zoom

A Sony incrementou o tamanho das fotos capturadas pela câmera do Z5, indo de 20,3MP para 23MP. Na prática, isso significa que as imagens ficam com dimensões um pouco maiores e permitem ampliações maiores no PC. No entanto, o que promete fazer real diferença na hora de dar zoom nas fotos é a nova tecnologia Clear Image Zoom, que estreia no novo top de linha da Sony.

Câmera do Xperia Z5 tem sensor de 23 megapixels (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Segundo a fabricante japonesa, o zoom antes de capturar a foto está mais apurado do que nunca, e não apresenta os usuais ruídos e distorções de outras câmeras de smartphone no mercado. A promessa com o Z5 é de entregar um efeito que imita lentes de câmeras DSLR, tirando granulados das imagens com zoom de até 5 vezes.

No entanto, ainda há algumas restrições para o novo zoom. Ele não funciona na gravação de vídeos; no modo de varredura, com a detecção de rostos e sorriso ativada; com o ISO ajustado para redução de ruídos; e com imagens em RAW. De qualquer modo, a câmera do Xperia Z5 oferece zoom muito mais apurado do que o zoom digital regular disponível no Z3+.

Qual a melhor Smart TV do mercado? Samsung, Philips, Sony, LG? Comente no Fórum do TechTudo. 

Sensor 

O sensor é o principal componente de uma câmera digital, pois é responsável por captar a luz do ambiente e transformá-la em sinais elétricos que, por sua vez, resultarão nas fotos que você vê na tela. Em geral, quanto maior o sensor, melhor ele tende a ser. Isso representa um desafio para a indústria de smartphones, pois celulares não têm muito espaço para acomodar sensores grandes, como os de câmeras fotográficas.

... que iPhone 6S (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo))" title="Xperia Z5 tem câmera traseira mais potente do que iPhone 6S (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo) (Foto: Xperia Z5 tem câmera traseira mais potente do que iPhone 6S (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo))" width="695" height="463">Xperia Z5 tem mesmo sensor de câmera traseira que o Xperia Z3+ (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo)

No caso do Z3+ e do Z5, o sensor é o Exmor RS, que não mudou de tamanho de uma geração para a outra, permanecendo com 1/2,3″, mas ganhou mais megapixels. Isso significa que a luz captada por ele permanece similar, mas há mais pixels para serem processados pelo chip BIONZ, que passou mudanças. É a dupla sensor + processador, segundo a Sony, a responsável pelo novo zoom de 5 vezes que não distorce as imagens.

Lente e foco 

Mesmo uma câmera com muitos megapixels e um sensor potente pode deixar a desejar se o foco não for bem ajustado. No Xperia Z5, a Sony incrementou o foco automático diminuindo o tamanho da lente grande angular, que reduziu de 25 mm no Z3+ para 24 mm no Z5. O resultado é um autofoco que leva só 0,03 segundo para deixar a lente na posição certa para capturar a imagem, algo que favorece tanto fotografia em ambientes claros quanto em locais escuros – com pouca luz, porém, o tempo de foco é maior.

Xperia Z3+ tem lente da grande angular maior que o Xperia Z5 (Foto: Divulgação/Sony)

As fotos ficam com menos ruídos e com mais luz, algo que deixa cores de fotos noturnas mais vivas. A Sony chama o novo foco de autofoco híbrido, pois combina duas tecnologias: detecção de contraste para precisão e detecção de fase para velocidade. O conjunto é uma câmera que foca rapidamente no objeto certo, seja no modo automático ou tocando na tela, no modo manual. Também favorece o modo HDR, que precisa de foco apurado para montar imagens e gerar fotos mais detalhadas.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Recursos  

O HDR não é o único recurso presente na câmera do Z5. Ele traz todos os modos de foto disponíveis na versão anterior Z3+ – como o 4K, manual e de realidade aumentada –, mas o destaque fica por conta do novo Steady Shot. Ele é responsável pela estabilização de imagem, que melhora a qualidade principalmente de vídeos capturados pela câmera traseira.

Xperia Z3+ consegue filmar em 4K (Foto: Divulgação/Sony)

Já existente em Xperias antigos, a estabilização de software da Sony foi aprimorada no novo top de linha e é capaz de gerar vídeos sem tremores, deixando a imagem sem interferências mesmo quando há algum movimento das mãos do usuário.

Outra novidade importante não está diretamente relacionada ao hardware da câmera, mas influencia diretamente no desempenho dela. No Z5, a Sony finalmente resolveu o problema de superaquecimento da sua família de smartphones, lançando mão de dutos internos de cobre preenchidos com pasta termal para resfriamento. Assim, o usuário fica liberado para usar câmera pelo tempo que desejar, mesmo na gravação de vídeos em 4K.

Câmera frontal 

A câmera frontal do Xperia Z5 continua com os mesmos 5,1MP, vídeos em 1080p e HDR presentes no Xperia Z3+. Com uma lente grande angular de 25 mm, o usuário não deve ter problemas para capturar selfies ou gravar com o Steady Shot.

O Xperia Z5 é bom? Vale a pena?

Desde o Xperia Z2, a Sony vem lançando novos tops de linha com melhorias pequenas. Do Z2 para o Z3, por exemplo, o incremento da câmera ficou restrito ao aumento de sensibilidade do ISO, que pulou para 12.800. Mas o Xperia Z5 mudou essa tradição e trouxe, em 2015, uma câmera realmente melhor quase em todos os aspectos se comparada à geração anterior. Ela foca mais rápido e com mais eficiência, tem um processador que entrega fotos noturnas melhores e ainda grava vídeos sem tremores. Um pacote completo para quem gosta de fotografia.

Xperia Z5 tem preço bem mais alto que o do concorrente (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

O problema do upgrade está no preço cobrado pela Sony. Quem quiser comprar o Xperia Z5 no Brasil vai desembolar entre R$ 3.500 e R$ 4.000, cerca de mil reais a mais do que o Z3+ e também R$ 1.500 a mais do que o valor cobrado pelo Xperia Z3.

A não ser que você precise de um celular com foco rápido e vídeos estáveis, ou seja um verdadeiro entusiasta da fotografia, fica difícil justificar o investimento unicamente pela câmera, apesar de ela ter tudo para entregar o que promete – o site especializado em fotografia DxOmark classificou a câmera do Z5 como a melhor do mercado.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.