Os futuros iPhones – entre eles o iPhone 7 – poderão ter a capacidade de “regenerar”, se depender de uma patente registrada pela Apple em 2014. O documento fala sobre uma tecnologia para que celular conserte os próprios erros e lesões, o que evitaria gastos com assistência técnica e ainda aumentaria a durabilidade do smatphone.
Cinco lançamentos da Apple que decepcionaram em 2015
A ideia não é exatamente inovadora, já que modelos da LG, como G Flex e G Flex 2, já podem recuperar a traseira de arranhões, por exemplo. No entanto, segundo o documento, o iPhone poderá curar problemas físicos ainda mais graves.
Apple: vaza patente de iPhone capaz de se consertar (Foto: Luciana Maline/TechTudo)
O aparelho poderia se regenarar automaticamente ao detectar, por exemplo, quando a água entrou no alto falante ou com testes de diagnóstico para fixação de pixels mortos (dead pixels) na tela.
Além disso, assim que o telefone perceber uma área molhada – através da monitoramento do ambiente º, ele será capaz de ativar um tom alto pela saída de som, expulsando a água. Isso tudo, é claro, de forma automática. 
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone Problemas com a câmera e a conectividade do celular poderiam ser resolvidos da mesma maneira, sem ter que levar o iPhone para reparos. Para completar, testes mais demorados poderiam ser realizados durante a noite, para não atrapalhar o uso do cliente. A ideia, sem dúvidas, é animadora, já que poderia economizar bastante dinheiro com a...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.