Os futuros processadores da AMD, Intel e Qualcomm terão suporte restrito ao Windows 10, deixando de lado versões antigas e populares do sistema operacional, como o Windows 7 e Windows 8.1. A medida, anunciada pela Microsoft, reflete sobre alguns modelos Skylake atuais da Intel e é focada em versões corporativas do sistema.
Skype Translator já está disponível para todos os usuários Windows 10
A mudança da Microsoft pode ser vista como um movimento estratégico para empurrar seus clientes corporativos a realizarem o upgrade para o Windows 10. Ao restringir o suporte do sistema operacional a processadores mais novos, a companhia coloca pressão para que empresas do mundo inteiro realizem a migração para o sistema mais novo.
Nova política da Microsoft visa forçar o upgrade para o Windows 10 (Foto: Luana Marfim/TechTudo)
Para atender às necessidades de grandes empresas que podem demorar ainda no processo de migração do Windows 7, ou 8.1, para o 10, a Microsoft vai manter o suporte a alguns processadores Skylake da Intel até julho de 2017.
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone Do ponto de vista do usuário doméstico, no futuro, isso significará que novos computadores equipados com as futuras gerações de processadores da AMD, Intel e Qualcomm não terão suporte a Windows antigos. Na prática, isso pode significar desde perda de algumas funções desses sistemas até instabilidade e mal funcionamento.
Segundo a Microsoft, há um considerável volume de trabalho necessário para garantir que versões antigas do Windows funcionem corretamente em processadores mais novos. A medida de restringir suporte a essas edições em novos processadores é também uma forma de agradar os fabricantes de hardware, que acabam desobrigados a investir na criação de drivers para manter os sistemas velhos operando em novos computadores.
O Windows 10 vale a pena? Comen...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.