O Facebook, juntamente com a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), lançou na segunda-feira (18) uma campanha online para ajudar no combate ao mosquito Aedes aegypti. A campanha, que na rede social usa a hashtag #saizika, quer conscientizar os usuários da rede social sobre os perigos do mosquito, que transmite doenças como a dengue, chikingunya e, agora, o zika vírus.
Por trás dos testes do Facebook: Permissões de uso são pura polêmica
Com essa conscientização, espera-se que o combate ao mosquito transmissor de tais doenças seja intensificado, com mais pessoas eliminando focos de procriação do inseto. Atualmente, 199 municípios brasileiros encontram-se em situação de risco.
Campanha #saizika no Facebook (Foto: Felipe Alencar/TechTudo)
“O Brasil é um dos países com maior incidência do zika vírus no mundo. Como o Facebook tem a missão de tornar o mundo mais aberto e conectado, nós vemos essa campanha como uma forma de levar informações importantes às pessoas e ajudar a colaborar para que a doença não se torne uma epidemia”, diz Bruno Magrani, diretor de políticas públicas para o Facebook Brasil.
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone
Para se ter uma ideia da gravidade da situação, o Ministério da Saúde já registrou mais de 3.500 casos de suspeita da doença. Além disso, mortes de quatro bebês estão sendo investigadas com uma provável relação ao zika vírus. No total, 20 estados da União já registraram casos suspeitos, chegando ao impressionante número de 700 cidades atingidas. Para ver os vídeos, basta visitar a página do Facebook Brasil (facebook.com/FacebookBrasil/).
A campanha consiste em vídeos ed...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.