Por mais um ano, a conexão da Campus Party 2016 com a internet continua sendo um dos destaques do evento. Depois de quase uma década de parceria com a Telefônica Vivo, desta vez é a Telebras quem provê o acesso de 40 Gb/s para os participantes do evento. Transmissões ao vivo, downloads, jogos multiplayer – são diversas aplicações que os campuseiros utilizam para aproveitar a poderosa conexão.
Cartola FC 2016 ganha Mata-Mata, novo visual e melhorias no celular; anúncio foi feito na Campus
No controle disso tudo está Edson Borelli, diretor global de Infraestrutura e Segurança da Futura Networks, empresa dona do evento. Ele recebeu o TechTudo para um passeio pelo "ovni" e contou curiosidades sobre a operação. Também pudemos testar a conexão, que num só PC ultrapassou os 700 Mb/s.
Ovni da CPBR9 (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)
O místico número de 40 Gb/s, por exemplo, enche os olhos, mas é inferior ao registrado em 2015 – no ano passado, a Telefônica forneceu um link de 50 Gb/s.
A conexão chega ao centro de exposições do Anhembi, em São Paulo, por meio de um caminho que comporta dois cabos de fibra ótica. Outro par de fibra chega ao "ovni" fazendo outro caminho, no que se chama na Engenharia de Rede de "redundância".
Computador no ovni da CPBR9 resume situação do tráfego de dados dentro do Anhembi (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)
Segundo Marcelo Stella, coordenador da Telebrás, um sistema automatizado detecta se o conjunto principal de equipamentos de rede apresenta problemas e joga para o conjunto secundário. Numa eventual emergência, essa troca levara em torno de cinco segundos.
Até o momento não há registros de incidentes graves envolvendo a conexão da Campus
Num teste conduzido pelo TechTudo com o Velocímetro, a conexão bateu pouco mais que 52 Mb/s de download e 83 Mb/s de download. Alguns serviços de banda larga já oferecem download de 100 Mb/s.
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone
Ainda assim, os mais de 50 Mb/s registrados durante o evento são quase dez vezes mais do que a velocidade média da banda larga no Brasil: 3,6 Mb/s, segundo um levantamento da empresa de infraestrutura de rede Akamai realizado no terceiro trimestre de 2015.
Como
aproveitar a Campus Party 2016? Comente no Fórum do TechTudo.
Para alcançar velocidades mais poderosas, no entanto, existe um macete: conectar o PC diretamente aos cabos de rede do "ovni" (antes de ser distribuído para o Anhembi inteiro). Borelli fez...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.