Resident Evil 4 foi lançado em 2005 pela Capcom apenas para GameCube, mas chegou a outros consoles ao longo dos anos. O jogo de terror e tiro foi um dos mais polêmicos de toda a série, com fatos curiosos revelados ao longo de seu desenvolvimento e após o lançamento. Confira as polêmicas mais marcantes do game.

Como jogar Resident Evil 4 no celular Android ou iPhone

Exclusividade ou morte

A exclusividade de Resident Evil 4 para GameCube deu o que falar entre os fãs. O console não era exatamente o mais popular em 2005, o que chamou a atenção de muita gente. Além disso, Resident Evil era uma série que tinha histórico forte com as plataformas da Sony, o PlayStation. Contudo, a Capcom se manteve firme em sua decisão.

Resident Evil 4 seria exclusivo do GameCube (Foto: Divulgação/Capcom)

Na realidade, o momento mais polêmico foi quando o então produtor do jogo, Shinji Mikami, disse que “cortaria a própria cabeça” se o game fosse lançado em outra plataforma. O que virou piada em outro título da Capcom: God Hand que conta com um item chamado de “Cabeça de Mikami”. Como sabemos, Resident Evil 4 foi lançado em outras plataformas alguns anos mais tarde.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Controle em formato de serra

Pode parecer estranho, mas Resident Evil 4 ganhou um controle temático, em formato de motoserra, tanto para GameCube, quanto para o PS2, onde foi relançado, meses mais tarde. O aparelho era pesado e desengonçado, mas tinha seu charme.

Controle em formato de motoserra de Resident Evil 4 (Foto: Divulgação/Capcom)

Além de ter uma espécie de serra na ponta – que não machucava, o controle possuía todos os botões principais dos joysticks desses consoles. Virou item de colecionador e hoje em dia é caro e bem raro de se achar.

Versão cancelada

Antes de sair no GameCube, Resident Evil 4 teve uma edição desenvolvida e cancelada pela Capcom. Essa edição lembrava mais os jogos clássicos da série, com movimentação no estilo "tanque" e cenários pré-renderizados.

A versão cancelada de Resident Evil 4 trazia elementos paranormais (Foto: Reprodução/RE Archives)

Uma espécie de fantasma azul acompanhava Leon S. Kennedy, herói da aventura, em todos os cenários que continham atividade paranormal como principal ameaça. Essa edição também chegou a sofrer alterações e recebeu a adição de zumbis, mas acabou não dando muito certo. Por fim, outra grande diferença estava na possibilidade de escolher diálogos, algo que foi removido na versão que chegou às lojas.

Polêmica racial

Assim como em Resident Evil 5, Resident Evil 4 foi recebido por críticas graças aos inimigos escolhidos para o jogo. Como se passa em uma vila com habitantes hispânicos, os inimigos eram moradores infectados, o que fazia com

... que o herói, norte-americano, lutasse contra pessoas de outra nacionalidade.
Inimigos de Resident Evil 4 geraram polêmica (Foto: Divulgação/Capcom)

A estranheza não durou muito tempo, já que outros tipos de inimigos aparecem pouco tempo depois do início do jogo. Além disso, o motivo do local onde se passa a aventura também é explicado, o que fez com que essa questão polêmica fosse esquecida por muito tempo.

Mudança drástica de jogabilidade

Além do protótipo já citado de Resident Evil 4, este jogo foi o responsável por mudar drasticamente a jogabilidade da série. Ele deixou de lado os controles “tanques” e colocou a câmera nos ombros do personagem, lembrando mais games de tiro em terceira pessoa.

Resident Evil 4 teve mudanças radicais de jogabilidade (Foto: Divulgação/Capcom)

Houve ainda uma leve mudança de foco – de horror para ação. Alguns momentos do jogo são altamente cinematográficos, influenciados pela saga Resident Evil nos cinemas, que é mais agitada e voltada para momentos de correria e ação sem parar.

Maior número de relançamentos

Resident Evil 4 é o jogo da série com maior número de relançamentos. Ele recebeu versões para GameCube, PS2, Windows, Nintendo Wii, iPhone, iPad, dispositivos Android (no Japão), PlayStation 3, Xbox 360 e até mesmo Zeebo, o console brasileiro da Tec Toy. Um total de 10 plataformas diferentes.

Resident Evil 4 teve versões relançadas em pelo menos 10 aparelhos (Foto: Divulgação/Capcom)

Em duas ocasiões, para PS3 e Xbox 360, ele saiu com visual remasterizado e em alta definição. Há duas edições relançadas para Windows, uma com gráficos remasterizados e outra com o conteúdo e visual originais.

Resident Evil 0 HD, vale a pena baixar para PC? Opine no Fórum do TechTudo!



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.