Para economizar energia, é possível montar um computador com foco na eficiência, garantindo que a máquina reduza o consumo e evite, ao máximo, o desperdício. O caminho para isso passa pelo conhecimento de algumas especificações. Nessas dicas, veja como comprar um computador mais econômico.
Vale a pena comprar um notebook usado? Veja dicas
Vale lembrar que diminuir o consumo de energia também reduz o calor produzido pela máquina, alterando a necessidade de ventiladores em rotação máxima o tempo todo, ou seja, menos ruído no PC.
Confira as especificações e componentes que garantem menor consumo (Foto: Itair Siqueira/TechTudo)
É importante destacar que as dicas estarão centradas em componentes que fazem mais diferença no consumo: fonte, placa-mãe, SSD, processador e placa de vídeo. Evidentemente que outros elementos, como memórias, monitores, gabinete e periféricos também fazem diferença. Fonte de energia A fonte é a porta de entrada da eletricidade no sistema. Em termos de economia, a melhor fonte é aquela que tem maior nível de eficiência. Atualmente, modelos de melhor qualidade podem chegar a taxas de até 90%, o que significa que 10% da energia recebida não é convertida pelo componente, sendo desperdiçada. 
Em todo caso, e os 10% de eletricidade perdidos? Má notícia? Nem tanto. Fontes de energia mais simples, de menor qualidade, atingem registros de eficiência na casa dos 70%, ou até menos.
Escolha da fonte deve seguir pela taxa de eficiência energética. 80% é o mínimo a buscar (Foto: Divulgação/Corsair)
Como é difícil encontrar super fontes de 90% de eficiência no Brasil, é possível ir por um caminho intermediário, optando por produtos de boa qualidade presentes no mercado nacional. Há fontes da Corsair, Thermaltake e EVGA, além de outros fabricantes conhecidos, que chegam a 80% de eficiência. Em relação à potência da fonte, o que vai determinar a quantidade são os demais componentes do computador. Aqui você pode descobrir como calcular isso. O preço depende da potência, e não da eficiência. Uma opção bastante sólida, e que vai permitir upgrades posteriores, é a Corsair CX 500, de 500 watts e mais de 80% de eficiência, segundo o fabricante. A Corsair CX 500 está disponível pelo preço médio de R$ 480. Assim, na hora de escolher uma fonte de energia para o seu perfil mais econômico, você terá que gastar mais em um modelo mais avançado. Componentes de baixo consumo Depois que a fonte foi definida, é hora de começar a escolher as peças que ...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.