O Oculus Rift deve chegar ao consumidor final em março. Depois de quatro anos de expectativa, o aguardado óculos de realidade virtual está pronto para oferecer novas experiências de interação entre usuários e computadores. A tecnologia também promete revolucionar o mundo dos games. 
Conheça os óculos de realidade virtual mais esperados para 2016
Para saber tudo sobre o produto da Oculus VR e ver se vale a pena reservar um, confira todos os detalhes do aparelho, como preço, onde comprar e funcionalidades. 
Oculus Rift promete novas experiências de interação com realidade virtual (Foto: Divulgação/Oculus VR)
História Um dos gadgets mais esperados dos últimos anos, o Rift é um óculos de realidade virtual da empresa Oculus VR, que arrecadou US$ 91 milhões de investidores – US$ 2,4 milhões só pelo crowdfunding no Kickstarter. A primeira versão, para desenvolvedores, foi lançada em 2012. Dois anos depois, a empresa foi adquirida pelo Facebook.
Download grátis do app TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu Android ou iPhone
Oculus Rift teve grande apoio no site Kickstarter (Foto: Reprodução/Thiago Barros)
Como funciona Basicamente, o Oculus Rift é um óculos com um visor que projeta imagens em frente aos olhos do usuários e acompanha os movimentos da cabeça para movimentar a cena. É uma imersão em 360 graus.
A tela tem 7 polegadas exibindo imagens levemente diferentes para cada olho. O dispositivo usa três giroscópios, três acelerômetros e três magnetômetros. Com as especificações, a expectativa é que o dispositivo revolucione o mundo dos games.   Funcionalidades
O Oculus Rift não funciona só com jogos, mas também com conteúdos interativos, de diversos tipos, como simulações de diversas situações, por exemplo. Será possível, da sua casa, visitar diversos locais do mundo que tenham conteúdos preparados para realidade virtual.
Além do headset com fones de ouvido e microfone embutidos, a caixa do Rift contém uma câmera de monitoramento externo, um controle de Xbox One e o Oculus Remote, um controle que torna a experiência VR mais intuitiva, facilitando a adaptação para quem não é gamer. Compatibilidade Para aproveitar toda a tecnologia, porém, é preciso ter um computador potente. A Oculus já divulgou os requisitos mínimos e recomendados para utilizar o aparelho. Entre as configurações básicas pra suporte do gadget estão: 8GB de RAM, processador Intel i5-4590 e a placa de vídeo GTX 970 da Nvidia ou R9 290 da AMD. 
Caixa ...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.