Para marcar o Dia da Internet Segura nesta terça-feira (9), o Google lança um novo recurso para o Gmail. O serviço de e-mail da gigante de buscas vai passar a avisar quando alguém envia mensagens por endereços de e-mails duvidosos, com remetentes inseguros de provedores já detectados pelo sistema.
Mais dicas sobre Gmail
Vai funcionar assim: quando você receber ou enviar um e-mail com dados pessoais, links ou anexo importante, não vai precisar se preocupar se o remetente é realmente seguro, se está vindo de um provedor recomendado, ou se alguém está interceptando a mensagem antes que chegue para você.
Segundo Rodrigo Paiva, gerente de produto do Google, o recurso é essencial para quem envia e recebe mensagens para não endereços "não Gmail". De acordo com o brasileiro, 82% das mensagens enviadas a partir do Gmail para outros provedores respeitam o protocolo de segurança mais atual. Na contramão, quando o ponto de partida é dos outros provedores para o Gmail, o índice é menor, de 58%.
"Ainda temos um 'gap' considerável e é nele que vamos atacar", explica Paiva.
Google deixa Gmail 'mais seguro' com alerta sobre remetentes (Foto: Divulgação/Gmail)
A lista de provedores não seguros, que ainda não se adequaram aos novos protocolos de segurança e criptografia é pública e está disponível no site do Google (google.com/saferemail). Nela, é possível saber quais provedores de e-mail mais populares fazem a criptografia das mensagens em trânsito.
É baseado nesta lista que o sistema funciona, e vai alertar sobre o perigo de enviar dados pessoais, de pagamento e/ou sigilosos para determinados endereços, sem qualquer garantia de segurança. Os alertas vão aparecer no app do Gmail para celulares e no site desktop. Ainda de acordo com o Google, o lançamento é global, mas pode levar alguns dias para chegar a todas as contas da plataforma.
Os avisos do Gmail vão aparecer em duas ocasiões.
Quando o usuário receber uma mensagem de um remetente que o Google não considera seguro, haverá um ponto de interrogação (?) no remetente. Isso não quer dizer que o sistema vai "bloquear" o e-mail e impedir que você o receba, mas vai alertar quando protocolos do provedor não forem seguros.
Remetente inseguro? O Gmail agora vai avisar antes de você abrir o e-mail (Foto: Divulgação/Gmail)
De acordo com o Google, um cadeado (aberto ou fechado) no topo direito da mensagem também vai notificar se o envio ou recebimento de mensagens são de fontes não-criptografadas e não-autenticadas.<...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.