Rumores sobre o próximo iPhone – chamado até então de iPhone 7 – dão conta de que a Apple estaria conversando com gigantes da tecnologia para fechar um acordo de fabricação de telas AMOLED para ele. Desde o primeiro iPhone até o 6S, a companhia usou telas IPS LCD nos celulares. No entanto, empresas como Samsung, LG, Foxconn e Sharp podem começar a produzir e fornecer os novos displays para a Apple.

Patente da Apple revela iPhone capaz de se consertar automaticamente

As informações de bastidores, inclusive, aumentaram as expectativas de que o próximo iPhone chegue com a novidade no lançamento, que deve ocorrer ainda em setembro de 2016. Por enquanto, não há informações sobre outros dispositivos, mas produtos como iPad e iPod também trazem telas IPS LCD. Quer saber o que pode mudar na tela do iPhone? Confira os detalhes a seguir.

Próximos iPhones a poderão vir com tela AMOLED (Foto: Foto: Anna Kellen/TechTudo)Sucessores do iPhone 6S (foto) poderão vir com tela AMOLED (Foto: Foto: Anna Kellen/TechTudo)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

As telas AMOLED são bastante elogiadas pelos especialistas, e algumas propriedades exclusivas delas chamaram a atenção da Apple. Para a companhia, seria interessante ter determinados recursos desse tipo de display nas próximas gerações do iPhone.

Por exemplo, uma das principais vantagens é o menor consumo de energia, porque o painel é capaz de iluminar apenas os pixels (os pontinhos luminosos) em uso. Já em uma tela LCD, todos os pixels precisam ser iluminados, mesmo que a maior parte não esteja em uso.

Há bons exemplos de fabricantes que souberam aproveitar as telas AMOLED, como foi o caso da Motorola com o Moto X. Com a função Moto Tela, quando o usuário recebe alguma notificação, a tela acende apenas os pixels necessários para exibir a notificação, e todo o resto continua desligado.

Isso economiza energia, uma vez que a tela não precisará ser ativada completamente para você ler uma mensagem ou notificação. 

A duração das baterias dos iPhones sempre foi muito criticada, e a migração para as telas AMOLED poderia melhorar a duração da carga. Além disso, a utilização desse tipo de display permite a remoção de uma camada no painel do aparelho. Para utilizar telas LCD em um smartphone, por exemplo, é necessário incluir uma camada de iluminação para pixels. Essa composição não é necessária com telas AMOLED, o que poderia deixar o iPhone mais fino e leve.

Outra vantagem das telas AMOLED são os pretos mais profundos e cores mais saturadas. Há quem critique a saturação das cores nesses painéis, mas também há quem prefira. Com os devidos ajustes no sistema operacional, a Apple conseguiria encontrar uma solução para isso, agradando a maioria dos usuários, sem abrir mão do preto mais realista e de tons mais vivos.

... nente-conteudo"> O Moto X usa um painel AMOLED (Foto: Lucas Mendes/TechTudo) (Foto: O Moto X usa um painel AMOLED (Foto: Lucas Mendes/TechTudo) )Moto X (2014): celular da Motorola tem tela AMOLED (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

É importante, porém, não confundir AMOLED com Super AMOLED. O segundo é um tipo de painel usado na linha Galaxy, da Samsung, como o Galaxy S7, Galaxy S6, Galaxy S5, entre outros telefones. A diferença é que a tela Super AMOLED tem menos camadas do que o outro tipo, incluindo uma camada sensível ao toque direto na tela. Com isso, uma parte de vidro foi retirada da estrutura, permitindo que os smartphones fiquem mais finos.

Para completar, as telas Super AMOLED contam com mais sub-pixels, as unidades de cor que formam cada pixel. Quanto maior esse número, melhor fica a definição. A partir disso, a tela é capaz de exibir um número maior de cores e com mais intensidade de luz.

Comprar o iPhone 6S ou esperar pelo iPhone 7? Comente no Fórum do TechTudo.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.