No Microsoft Excel, a função SE é usada para comparar valores e determinar resultados a partir de condições pré-definidas, sempre seguindo a lógica: SE algo é verdadeiro, o resultado é A, SE falso, B. Há duas formas de usá-la: da maneira simples e da maneira composta, em que uma série de funções SE, ou mesmo diferentes, podem ser escritas uma dentro da outra. A seguir, você vai conhecer cada um desses métodos, com exemplos e explicações sobre cada elemento presente nas fórmulas do Microsoft Office.
Fórmulas quebradas no Excel? 14 coisas que você está fazendo errado A primeira forma de uso que veremos é a simples. Para isso, é legal conhecer a sintaxe correta da função: =SE(teste lógico, [valor se verdadeiro],[valor se falso])
Função SE é uma das mais usadas do Microsoft Excel (Foto: Divulgação/Microsoft)
Não se assuste, a tradução para isso é: “teste lógico”: aqui você vai explicitar uma condição para a sua análise. Você pode pedir para a função comparar valores, por exemplo: se encontrar um valor acima de X, o resultado será um, se encontrar um valor abaixo de X, o resultado será outro. “valor se verdadeiro”: caso a função encontre um valor maior que X, ela vai considerar o cálculo verdadeiro, e vai exibir o que quer que você coloque entre os []. “valor se falso”: pelo contrário, se o valor encontrado for inferior a X, ela exibe o texto compreendido entre esses dois []. Comparando valores Uma atribuição comum da função SE é estabelecer comparações entre valores de células, ou ...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.