Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Adquirir uma unidade nova do MacBook pode custar caro no site oficial da Apple no Brasil, entre R$ 8.499 e R$ 23.499, algo distante da realidade de alguns usuários. No entanto, há soluções que podem fazer este valor cair e, assim, deixar o notebook um pouco mais acessível para quem precisa comprar um: tanto importação como a compra de um laptop usado podem valer a pena.

Macbook, Air e Pro: veja as diferenças entre os notebooks da Apple

Para fazer a comparação e demonstrar qual método pode ser o melhor custo-benefício para o consumidor, a análise de valores foi feita com um MacBook Pro 13 polegadas com tela retina usado, um comprado na loja oficial da Apple no Brasil e outro na loja da fabricante nos Estados Unidos, destino mais comum para importação deste tipo de produto. Confira qual deles reúne as melhores características para o consumidor que quer economizar. 

MacBook traz logo da Apple espalhado como nos iPads (Foto: Divulgação/Apple) (Foto: MacBook traz logo da Apple espalhado como nos iPads (Foto: Divulgação/Apple))Veja comparação de preço e benefício entre Macbook novo, importado e usado (Foto: Divulgação/Apple)

Novo

O MacBook Pro de 13 polegadas com tela Retina mais barato à venda no Brasil sai pelo valor de R$ 12.499. O computador possui processador Intel Core i5 dual-core de 2,7 GHz, 8 GB de memória, 128 GB de SSD, placa de vídeo Intel Iris Graphics 6100 e uma bateria com 10 horas de duração.

O notebook, é claro, tem vantagens em relação ao usado, além de justificar a enorme diferença de preços com a garantia, o fato de ter tecnologia de ponta e também de possuir um visual perfeito, sem qualquer arranhão. O parcelamento, em 10x sem juros no site oficial da Apple, também é outro ponto para levar em consideração.

Macbook Air é um dos computadores da Apple afetado por falha (Foto: Reprodução/Apple) (Foto: Macbook Air é um dos computadores da Apple afetado por falha (Foto: Reprodução/Apple))Compra de notebook novo permite parcelamento em até 10x sem juros (Foto: Divulgação/Apple)

Usado

Esta opção é, sem dúvidas, a mais barata. Entretanto, você não deve encontrar um aparelho do mesmo nível de qualidade dos novos. Em algumas lojas online é possível achar MacBooks usados nas versões de 2014 e 2015, por exemplo, mas é muito importante ter em mente alguns cuidados necessários.

Verifique sempre a reputação do vendedor, conferindo se o aparelho tem algum tipo de garantia, onde foi comprado, como está o desempenho e o visual do laptop.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Veja se o Mac emite sons ou se o teclado acende (Foto: Paulo Alves/TechTudo )MacBook usado pode sair por R$ 3 mil em sites como Mercado Livre (Foto: Paulo Alves/TechTudo)

Na busca feita pelo TechTudo foi possível encontrar modelos bem mais em conta do que os novos. Um com processador i5, 10 GB de RAM e 128 GB de SSD por R$ 4.999, um mais modesto, com 500 GB de HD e 4 GB de RAM, por R$ 2.999 e várias opções com preços entre R$ 3 mil e R$ 5 mil.

Importado

O MacBook Pro de 13 polegadas com tela Retina na loja da Apple nos Estados Unidos é vendido a partir de US$ 1.299 (cerca de R$ 5.196). É exatamente o mesmo modelo que sai pelo valor de R$ 12.499 aqui no Brasil. Mesmo com a taxa a ser paga na volta, comprá-lo nos Estados Unidos sai muito mais em conta.

O valor a ser pago de imposto é de 50% do que exceder a cota de US$ 500 de produtos importados que o consumidor tem direito a trazer para o país. Sendo assim, no caso do MacBook Pro 13", que custa US$ 1.299, o excedente seria de US$ 799. O imposto, portanto, seria de US$ 399,50. Com US$ 1 equivalendo a R$ 4, seriam R$ 1.598.

O que é melhor: notebook, ultrabook, MacBook? Comente no Fórum do TechTudo

Veja como usar a Internet do iPhone em um MacBook (Foto: Paulo Alves/TechTudo) (Foto: Veja como usar a Internet do iPhone em um MacBook (Foto: Paulo Alves/TechTudo))Valor de importado, mesmo com taxa, é de metado do cobrado no Brasil (Foto: Paulo Alves/TechTudo)

Ou seja, o produto acaba saindo por R$ 6.794, quase metade do que é cobrado por no Brasil. Mesmo que a pessoa viaje para os Estados Unidos só para isso, com as passagens, além de um final de semana de estadia em um hotel barato em Miami, por exemplo, daria para gastar menos, ou o mesmo valor do laptop novo na loja brasileira.

Conclusão

O melhor custo-benefício ao comprar um MacBook da Apple, independente do modelo, ainda é comprar nos Estados Unidos. Caso você tenha uma viagem marcada ou um amigo que possa trazer o PC para você, vale a pena.

No entanto, não há opção de parcelamento, por exemplo. Será preciso juntar o dinheiro e pagar tudo de uma vez só, mas você terá o modelo por um preço mais justo.

Por valores um pouco menores do que os gastos no exterior, é possível comprar alguma opção de MacBook razoável, de dois anos atrás, usado, em sites como o Mercado Livre. Usando o Mercado Pago, você pode parcelar a compra e ter maior segurança caso algo saia errado no processo.

Comprar um MacBook novo na loja oficial da fabricante no Brasil é o que parece a opção que fica mais longe do alcance da maioria dos consumidores. Afinal, o notebook pode custar até duas vezes mais que o mesmo modelo nos Estados Unidos e três vezes mais do que um dos produtos anteriores já usado.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.