Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Ninja Gaiden é a série de jogos de ação e aventura que tem como personagem principal o herói Ryu Hayabusa. Criada nos anos 80 e lançada primeiro no Nintendinho e fliperamas, a saga hoje é muito conhecida pelo público e já teve games disponibilizados em plataformas mais recentes, como Xbox 360, PS Vita e outros. Confira as curiosidades e polêmicas sobre o desenvolvimento:

Leia o review de Dead or Alive 5 Last Round

Conhecido pela dificuldade

A franquia sempre foi famosa pela alta dificuldade. Seja nos jogos clássicos ou mais recentes, o game prezou por ser difícil e cruel com os fãs. Não basta apenas acertar o pulo na plataforma, é preciso esquivar dos golpes inimigos e eliminar outros ao mesmo tempo, sem perder nenhuma vida no processo.

Ninja Gaiden é até hoje conhecido pela dificuldade (Foto: Reprodução/NES Archives)Ninja Gaiden é até hoje conhecido pela dificuldade (Foto: Reprodução/NES Archives)

Os games da saga fazem questão de não serem nada fáceis e se orgulham disso. Porém, não é aquele tipo de dificuldade cruel e desbalanceada. Ninja Gaiden foi um dos primeiros que seguiu por este caminho e abriu a possibilidade de sucesso para outros jogos difíceis, como os atuais Dark Souls 3 e Bloodborne.

Criador polêmico

Tomonobu Itagaki, criador dos jogos mais novos como Ninja Gaidem Sigma, é uma das pessoas mais controversas da indústria dos games. Além de ser extremamente crítico com títulos de outros produtores, também é famoso por não tratar bem alguns fãs. Itagaki está na série desde 2004 e costuma ser franco, o que incomoda o grande público.

Itagaki, criador da saga dede 2004, polêmico (Foto: Reprodução/Wii U Daily)Itagaki, criador de Ninja Gaiden dede 2004, polêmico (Foto: Reprodução/Wii U Daily)

Ele já criticou jogos famosos como Metal Gear Solid 2 e Final Fantasy X. Com Tekken, a série de luta da Bandai Namco, foi ainda mais duro, condenando toda a saga como a “estagnação dos jogos de luta”. Vale lembrar que Itagaki também co-produzia a série de luta Dead or Alive. Ele saiu da Koei Tecmo e de seu estúdio, Team Ninja, para formar um novo empreendimento, a desenvolvedora Valhala.

Criador original

Pouca gente sabe, mas a série Ninja Gaiden não foi criada por Itagaki. O criador original, ou “criador das sombras”, foi Hideo Yoshizawa, antigo produtor da Tecmo, que também lançou outros jogos na época do game original.

Hideo Yoshizawa, o criador original (Foto: Reprodução/Polygon)Hideo Yoshizawa, o criador original de Ninja Gaiden (Foto: Reprodução/Polygon)

Yoshizawa é bem menos polêmico do que Itagaki e hoje não trabalha ativamente na indústria. Ele já lançou títulos como Ninja Gaiden 1, 2 e 3, Klonoa, Ridge Racer, Mr. Driller e Muscle March, bizarro game de halterofilistas do Wii.

Participações especiais

Ryu Hayabusa, o herói de Ninja Gaiden, já participou de outros games – entre eles, Dead or Alive. Na verdade, a série DOA se passa no mesmo universo de Ninja Gaiden, tanto que personagens femininas de uma aparecem em outra.

Ryu Hayabus aem Dynasty Warriors (Foto: Divulgação/Tecmo)Ryu Hayabus, personagem de Ninja Gaiden, em Dynasty Warriors (Foto: Divulgação/Tecmo)

Ryu, Ayane e Momiji são alguns dos personagens da saga que apareceram também em outros games, como Dynasty Warriors: Strikeforce e Warriors Orochi 3. Por ser um ninja, algo próprio da cultura japonesa, é fácil para Ryu aparecer em games de samurais e combates como estes.

Desenhos animados e outras mídias

A franquia já teve desenhos animados lançados, mas nada chegou ao ocidente de forma oficial. Também foi alvo de adaptação em outras mídias, como os quadrinhos do game Yabai; Ninja Gaiden Z. Vale lembrar que Ryu Hayabusa aparece ainda no filme live action de Dead or Alive, interpretado por Kane Kosugi.

Ryu em versão bem diferente no filme de DOA (Foto: Reprodução/GameGuyz)Ryu, de Ninja Gaiden, em versão bem diferente no filme de DOA (Foto: Reprodução/GameGuyz)

Série irmã

Como citamos, Dead or Alive é uma “série irmã” de Ninja Gaiden. Além de seus universos influenciaram uns aos outros, eles também são alinhados cronologicamente, um cuidado que é costume de produtoras japonesas.

Ryu também em Dead or Alive (Foto: Reprodução/FanPop)Ryu, de Ninja Gaiden, também está em Dead or Alive (Foto: Reprodução/FanPop)

Personagens como Momiji, Rachel, Ayane, além de Ryu, participam de ambas. Dead or Alive, porém, começou em 1996, na época em que Nina Gaiden estava em “pausa” – após ter seu último capítulo publicado no início da década de 90, o game só retornou em 2004. Apenas o spin-off Dead or Alive Xtreme Beach Volleyball, somente com mulheres, não traz a participação de Ryu Hayabusa.

Banido na Alemanha

Ninja Gaiden, relançamento da série de 2004 para o primeiro Xbox, não chegou a ser lançado na Alemanha. Ele foi banido por ser considerado extremamente violento, o que levantou certa polêmica sobre o debate de jogos no mesmo estilo.

Ninja Gaiden sempre foi bem violento (Foto: Divulgação/Tecmo)Ninja Gaiden sempre foi bem violento (Foto: Divulgação/Tecmo)

Porém, países como Austrália e Alemanha têm histórico de banir games muito violentos já há algum tempo. Ninja Gaiden preza por esse tipo de violência gráfica, com muito sangue jorrando pelo ar e cabeças decepadas dos inimigos e personagens.

Confusão do nome

No Japão, o nome original de Ninja Gaiden era Ninja Ryukenden, que pode ser traduzido de forma livre como “A Lenda da Espada Ninja do Dragão”. Quando veio para o ocidente, a empresa decidiu batizar como Ninja Gaiden.

Ninja Gaiden no mundo todo (Foto: Divulgação/Tecmo Koei)Ninja Gaiden no mundo todo (Foto: Divulgação/Tecmo Koei)

O problema é que “Gaiden”, em japonês, se traduz como algo relacionado a uma história paralela, como se fosse um spin-off. Como era o primeiro game da série, era impossível ter algum spin-off prévio. O nome pegou mesmo assim. Atualmente, a contragosto dos japoneses, ela também é chamada por “Gaiden” por lá, e não apenas no ocidente.

Qual o seu jogo de luta preferido? Comente no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.