Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O firewall do Windows, por padrão, bloqueia conexões de aplicativos com a Internet e portas para evitar problemas de segurança. Mas isso pode comprometer o funcionamento de jogos e alguns programas que precisam de portas específicas para se conectar a um servidor remoto. As imagens que ilustram o tutorial abaixo foram feitas no Windows 10, mas os passos são válidos para as edições anteriores do sistema. 

Windows.old: saiba o que é e como excluir a pasta do computador

Liberando aplicativos no Firewall do Windows 10

Passo 1. Use a busca do Windows e pesquise por firewall. Nos resultados, clique em Permitir um aplicativo pelo Firewall do Windows;

Pesquise pelo firewall do Windows e abra o resultado indicado (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Pesquise pelo firewall do Windows e abra o resultado indicado (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 2. Clique em “Alterar configurações” para desbloquear os ajustes;

Liberando alterações nas configurações (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Liberando alterações nas configurações (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 3. Escolha o aplicativo que você quer liberar e marque o tipo de conexão (pública ou privada). Caso o programa não esteja na lista, clique em “Permitir outro aplicativo…” para adicioná-lo.

Desbloqueando conexão de um aplicativo (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Desbloqueando conexão de um aplicativo (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Liberando portas no Firewall do Windows 10

Passo 1. Volte à busca do Windows e pesquise novamente por firewall. Dessa vez, clique em Firewall do Windows com segurança avançada;

Pesquise pelo firewall do Windows e abra o resultado indicado (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Pesquise pelo firewall do Windows e abra o resultado indicado (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 2. Escolha se você quer permitir conexões de entrada (Regras de Entrada) ou de saída (Regras de Saída) e clique com o botão direito do mouse sobre a opção desejada. Em seguida, clique em Nova Regra…;

Crie uma nova regra de entrada ou saída (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Crie uma nova regra de entrada ou saída (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 3. Selecione a opção Porta e clique em Avançar;

Selecione a opção de liberação de porta (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Selecione a opção de liberação de porta (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 4. Escolha o tipo de porta (UDP ou TPC) e o número da porta e avance novamente. Caso queira liberar várias portas, use o hífen para separá-las;

Selecione o tipo e digite o número da porta (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Selecione o tipo e digite o número da porta (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 5. O próximo passo é escolher se você quer permitir qualquer tipo de conexão ou apenas conexões seguras. Feito isso, clique em Avançar novamente;

Escolha o tipo de conexão que será permitida (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Escolha o tipo de conexão que será permitida (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 6. Selecione os tipos de conexões para liberar a porta e avance novamente;

Selecione o tipo de rede em que a porta será liberada (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Selecione o tipo de rede em que a porta será liberada (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 7. Por fim, digite um nome e descrição (opcional) para a nova regra e clique em Concluir para encerrar o assistente.

Digite o nome e descrição para a regra (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Digite o nome e descrição para a regra (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Com essas dicas, você poderá permitir conexões de entrada ou saída para aplicativos ou portas específicas no Windows.

Qual é o melhor Windows de todos os tempos? Comente no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.