Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Assassin's Creed é uma série com muitos jogos lançados, porém não é sempre que eles apresentam qualidade para os fãs. Por outro lado, há aqueles games que se superam, como o sempre elogiado Assassin's Creed 2 e os spin-offs da saga Chronicles. Conheça, abaixo, os melhores jogos da franquia da Ubisoft, disponíveis nas mais diversas plataformas ao longo dos anos:

Confira o review completo de Assassin's Creed Syndicate

Assassin's Creed 2

É de comum acordo entre os fãs que Assassin's Creed 2 continua sendo o melhor jogo da série lançado, desde 2009, quando chegou ao mercado no Xbox 360, PS3 e PC. Contribuem para isso sua história, que é realmente interessante, e também o protagonista: Ezio Auditore, conhecido por ser o melhor personagem da saga, graças a seu carisma e senso de justiça.

Assassins Creed 2 ainda é o melhor game da série (Foto: Divulgação/Ubisoft)Assassin's Creed 2 ainda é o melhor game da série (Foto: Divulgação/Ubisoft)

Em Assassin's Creed 2 tivemos também muitos elementos que fizeram sucesso e estão até hoje nos jogos, como colecionáveis espalhados pelo mapa, grandes cidades para serem exploradas e, claro, sequências de ação muito bem produzidas. Até hoje é possível jogar este game sem ter aquele senso de que “envelheceu mal”. Pelo contrário.

Assassin's Creed 4: Black Flag

Após passar um tempo com alguns jogos não muito bons, a série Assassin's Creed retomou as rédeas da qualidade com Assassin's Creed 4: Black Flag, de 2013. Este também foi o primeiro game da série a sair na atual geração de consoles, que inclui Xbox One e PS4.

Assassins Creed 4: Black Flag agregou piratas ao universo de AC (Foto: Divulgação/Ubisoft)Assassin's Creed 4: Black Flag agregou piratas ao universo de AC (Foto: Divulgação/Ubisoft)

A aventura voltava no passado para apresentar Edward Kenway, pirata e pai do protagonista do terceiro jogo da série. Além da exploração expandida, elementos como navios e batalhas navais fizeram sucesso por aqui e foram elogiados pelos jogadores.

Assassin's Creed: Rogue

Enquanto os consoles de “nova geração” recebiam Assassin’s Creed: Unity, que não foi tão elogiado pelos fãs, o PS3 e Xbox 360 tinham o lançamento de Assassin's Creed: Rogue, um game que foi um pouco esquecido em prol do outro, mas que mostrou sua qualidade.

Assassins Creed Rogue tem novidades como templário (Foto: Divulgação/Ubisoft)Assassin's Creed: Rogue tem novidades como templário (Foto: Divulgação/Ubisoft)

Em Assassin's Creed: Rogue controlamos um templário, e não um assassino, o que por si só já nos apresenta algo inovador, diferente e digno de atenção na série. Além disso, ele se passa mais ou menos na mesma época de AC 4, o que dá interessantes complementos para a história deste outro game. A jogabilidade também era caprichada e com muitos momentos bons de ação.

Assassin's Creed Chronicles: China

A série Chronicles rendeu três jogos interessantes, mas o melhor deles ainda é Assassin's Creed Chronicles: China, que também foi o primeiro. Lançado em 2015 para PS4, Xbox One e PC, o game impressionou pela jogabilidade e protagonista.

Assassins Creed Chronicles: China (Foto: Divulgação/Ubisoft)Assassin's Creed Chronicles: China traz inovações para a série (Foto: Divulgação/Ubisoft)

O primeiro elemento inovador foi que a jogabilidade não era em um ambiente explorável 3D, mas sim em 2D, similar a antigos jogos de plataforma. Este também foi o primeiro Assassin's Creed da série a se passar no oriente, cenário que era muito pedido por fãs, o que agradou.

Assassin's Creed: Multiplayer Rearmed

Assassin's Creed: Multiplayer Rearmed foi lançado em dispositivos móveis e pegava alguns elementos interessantes do modo multiplayer que a Ubisoft resolveu incluir na série durante um tempo e que combinava bastante com o iPad, por exemplo.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Assassins Creed: Multiplayer Rearmed era multiplayer criativo (Foto: Divulgação/Ubisoft)Assassin's Creed: Multiplayer Rearmed era multiplayer criativo (Foto: Divulgação/Ubisoft)

Rearmed tinha gráficos simples e de projeção isométrica, similar ao primeiro “GTA”, e colocava o jogador para controlar um assassino disfarçado na cidade, enquanto outros o procuravam para abatê-lo. A desconfiança era sempre constante e, por isso, o game tinha bastante tensão em suas cenas.

Assassin's Creed 3: Liberation

Assassin's Creed 3: Liberation saiu em 2012, primeiro no PS Vita, e anos depois ganhou versão em “alta definição” no Xbox 360, PS3 e PC. O game foi inicialmente injustiçado, por ter sido lançado em uma plataforma não muito popular, mas logo sua qualidade brilhou.

Assassins Creed 3: Liberation trouxe a primeira mulher da série (Foto: Divulgação/Ubisoft)Assassin's Creed 3: Liberation trouxe a primeira protagonista mulher da série (Foto: Divulgação/Ubisoft)

Este também foi o primeiro Assassin's Creed estrelado por uma mulher, Aveline de Grandpé, e se passava em paralelo ao Assassin's Creed 3 principal, apesar de ser bem melhor. Assassin's Creed 3: Liberation vale a pena não só pelas suas novidades, mas pela jogabilidade, que tem momentos interessantes.

Assassin's Creed: Syndicate

Assassin's Creed: Syndicate é, até então, o jogo mais recente da série, que também retomou a qualidade da saga, após as críticas a AC Unity. Este se passa na Londres vitoriana, durante a Revolução Industrial, com uma dupla de protagonistas, Jacob e Evie Frye.

O elogiado Assassins Creed Syndicate (Foto: Divulgação/Ubisoft)Assassin's Creed: Syndicate foi bastante elogiado (Foto: Divulgação/Ubisoft)

O game aposta em boas novidades de gameplay, principalmente por usar dois protagonistas distintos. O visual também foi caprichado, apesar de já ser um pouco antigo, por ter sido lançado em 2015.

Assassin's Creed

O primeiro game da saga também merece algum amor dos fãs. Apesar de ter recebido críticas por ser limitado e repetitivo, ele impressionou muito quando foi lançado no PS3, Xbox 360 e PC, em 2007.

O primeiro Assassins Creed também tem seu charme (Foto: Divulgação/Ubisoft)O primeiro Assassin's Creed também tem seu charme (Foto: Divulgação/Ubisoft)

Quando foi apresentado inicialmente, Assassin's Creed surpreendeu pelos gráficos caprichados para sua época e pela versatilidade do protagonista Altair, que tinha grande liberdade pelo cenário para realizar suas missões. Vale principalmente pela nostalgia, mas também por saber como toda a história começou.

Qual é o melhor Assassin's Creed já lançado? Dê a sua opinião no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.