Escolher entre fones de ouvido supra, intra-auriculares ou earbuds mais simples pode ser uma tarefa difícil para quem nunca se deparou com as diferenças entre cada modelo, especificações e qualidade de som.

Conheça os melhores fones de ouvido sem fio por até R$ 300

Além disso, há os perfis de uso que são contemplados por cada um desses desings. Para facilitar a sua vida, esse guia divide e resume essas diferenças, explicando o que cada tipo de fone apresenta para você saber se vale a pena investir em um headphone.

Na hora de comparar, o usuário precisa considerar o tipo de uso. Um DJ, ou profissional do audiovisual, vai preferir sempre supra-auriculares, já que esse tipo de fone proporciona melhor isolamento acústico e tende a apresentar qualidade de som maior. Se esse é seu perfil, a charada está respondida: o headphone vale mais a pena.

Headphones sem fio podem ser boas opções para quem não pretende usar os fones durante prática de esportes (Foto: Divulgação/Sony)Headphones sem fio podem ser boas opções para quem não pretende usar os fones durante prática de esportes (Foto: Divulgação/Sony)

Intra-auriculares são interessantes para quem quer curtir música e praticar esportes, já que tendem a ser mais estáveis, mesmo com muito movimento. Os earbuds, mais simples, costumam ficar num degrau mais baixo quando o assunto é som e mobilidade, mas são o suficiente para quem não é muito exigente quanto a qualidade do áudio e não pretende investir muito.

Sem fio ou com fio?

Os pontos anteriores são linhas gerais que podem ser influenciadas por outros quesitos. Por exemplo, suporte ou ausência de fios e Bluetooth podem tornar conveniente para o consumidor que se encaixa no perfil de um intra o uso de um supra.

Headphone supra-auricular sem fio pode representar desafios na hora de transportar (Foto: Divulgação/JBL)Headphone supra-auricular sem fio pode representar desafios na hora de transportar (Foto: Divulgação/JBL)

Sem fios para enrolar, essas unidades podem ser acomodadas com mais facilidade no interior de cases e mochilas. Contudo, se espaço é um ponto central, intra-auriculares e earbuds serão sempre mais vantajosos, ainda que normalmente venham acompanhados de fios.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tech no Android ou iPhone

Alguns bons modelos de headphones supra sem fio disponíveis no Brasil. Como por exemplo, o MDRZX330BT, da Sony, que oferece Bluetooth e NFC tem bateria para 30 horas e frequência que vai de 20 Hz a 20.000 Hz e pode ser encontrado com preços a partir de R$ 480. Outra opção é o SHB5500BK da Philips, a R$ 280, e com frequência de 20 Hz a 22.000 Hz.

Se você precisa de alguma coisa que não tenha fios, há maior variedade entre headphones supra-auriculares.

Portabilidade

Aliás, sobre portabilidade, é bom lembrar que na maioria dos casos, os supra-auriculares não dobram: guarda-los para transporte requer, portanto, não apenas espaço, mas também segurança, já que podem quebrar. O ideal é procurar modelos vendidos com cases, ou que possuam esse tipo de acessório para compra posterior.

Fone de ouvido pode ser dobrado e guardado dentro do estojo para transporte (Foto: Divulgação/Puro Sounds Labs) (Foto: Fone de ouvido pode ser dobrado e guardado dentro do estojo para transporte (Foto: Divulgação/Puro Sounds Labs))
... dentro do estojo para transporte (Foto: Divulgação/Puro Sounds Labs) (Foto: Fone de ouvido pode ser dobrado e guardado dentro do estojo para transporte (Foto: Divulgação/Puro Sounds Labs))" width="695">Fone de ouvido pode ser dobrado e guardado dentro do estojo para transporte (Foto: Divulgação/Puro Sounds Labs)

Se você precisa de alguma coisa mais portátil, talvez seja interessante abrir mão do headphone, já que eles ocupam mais espaço e podem quebrar.

Comparando especificações

Alguns headphones supra podem dobrar, eliminando problemas de transporte (Foto: Divulgação/Koss)Alguns headphones supra podem dobrar, eliminando problemas de transporte (Foto: Divulgação/Koss)

Se todas as questões de ergonomia, transporte e mobilidade forem resolvidas, resta ainda saber comparar um fone de ouvido com outro para saber, a partir dos números, qual deve oferecer melhor qualidade de som.

Um headphone da Sony é melhor que um intra da Beats? Depende. O que determina isso, observando estritamente a qualidade de som, são as especificações: frequência do som (medida em Hertz (Hz) e em intervalos, quanto mais ampla a diferença entre mínimo e máximo, melhor), impedância (quanto maior a impedância, menor a necessidade de aumentar o volume para ouvir som), potência (quanto maior, mais alto será a o som reproduzido).

Além desses pontos, você sempre deve ter em mente questões técnicas como o tamanho dos drivers (em geral, maior é melhor) e a oferta de múltiplos canais de áudio (5.1 ou 7.1).

O problema é que a Beats não revela esses valores dos seus produtos, tornando a análise a partir das especificações algo realmente difícil. Nesse caso, a melhor forma de comparar é tentar buscar informações com quem já tem um Beats, ou, se possível, testar um.

Em linhas gerais, a qualidade de som é determinada pelas especificações técnicas do fone. Se a sua escolha está centrada apenas nisso, procure conhecer os dados e referências técnicas de cada modelo antes de bater o martelo e definir a compra.

Saiba se vale a pena de acordo com perfis de uso

Essas questões ajudam a definir melhor o fone que você está procurando, assim como o seu perfil. Se você é gamer, o melhor fone é aquele que oferece microfone, múltiplos canais de áudio (5.1 ou 7.1) e se assenta de forma confortável na sua cabeça e orelhas por um longo período de tempo. Para você, vale a pena comprar um headphone com microfone.

Fones com microfones, ótima ergonomia e múltiplos canais são preferência para gamers (Foto: Divulgação/Razer)Fones com microfones, ótima ergonomia e múltiplos canais são preferência para gamers (Foto: Divulgação/Razer)

Se você é atleta, a melhor aposta é nos supra-auriculares, com alças pequenas e que envolvem apenas o seu ouvido. Esse design garante maior estabilidade, mesmo em movimento, e é comum que esses modelos disponham de controle de volume e voz. 

DJs e profissionais também devem escolher os supra-auriculares, mas com as alças que ligam as duas conchas envolvem a cabeça: esses fones têm, quase sempre, maior qualidade de som. Um headphone é ideal para você.

Para os amantes de música, talvez seja melhor optar pelos intra-auriculares de maior qualidade, como modelos da JBL e da Beats. Normalmente os preços serão mais altos, mas o som costuma surpreender pela qualidade.

Earbuds são os mais acessíveis e resolvem qualquer parada para quem não exige desempenho absurdo, qualidade de som incrível e acesso a recursos extras, como controles de reprodução e de chamada telefônica.

Qual o melhor headphone que pode se comprar em relação a custo-benefício? Opine no Fórum do TechTudo.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.