A segurança no WhatsApp se tornou uma obsessão, a ponto de os criadores do aplicativo anunciarem a criptografia ponta a ponta no início de abril. O recurso traz mais privacidade, pois mesmo que as mensagens sejam interceptadas, não será possível visualizar os textos, fotos, áudios e vídeos. Para ter uma proteção extra, cerca de 1,1 milhão de brasileiros também colocaram senha no mensageiro.
Criptografia no WhatsApp funciona mesmo sem verificar código de segurança
A informação diz respeito exclusivamente à função "Cofre", presente no aplicativo de segurança PSafe Total para Android. O recurso permite adicionar um desenho ou uma combinação alfanumérica para destravar o WhatsApp.
Criptografia não é suficiente para usuários, segundo pesquisa da PSafe (Foto: Luciana Maline/TechTudo)
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone
Segundo a empresa brasileira PSafe Tecnologia, responsável pelo app, não houve alteração significativa no número de adeptos da senha para bloquear o WhatsApp, mesmo com a chegada da criptografia. Além deste aplicativo, existem outros que oferecem recurso similar – como o WhatsApp Lock, o Lock for WhatsApp e o WhatsLock. Brasileiros estão mais cuidadosos
Dois em cada três adeptos da função Cofre utilizaram o recurso para proteger o WhatsApp, de acordo com o relatório referente ao uso no Brasil.
O mensageiro instantâneo é o que tem o maior índice de proteção, superando outros apps famosos e muito usados, como o Facebook, Fa...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.