Impressoras a laser despertam certa curiosidade, já que dispensam tinta para trabalhar. Mas sem isso, como elas conseguem transferir imagens e textos do computador para o papel? Usamos impressoras no nosso dia a dia e muitas vezes não paramos para pensar como esses dispositivos funcionam. O TechTudo preparou um texto especial para explicar essa tecnologia para você.
Lista reúne notebooks com i5 com melhor custo-benefício; confira
Mate, da Samsung, é um exemplo de impressora a laser (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)
O princípio de funcionamento do modelo a laser é a eletricidade estática. Primeiramente uma carga elétrica positiva é aplicada em toda a extensão do cilindro fotorreceptor, que é rotativo. Ele então começa a girar, enquanto o raio laser descarrega pontos específicos correspondentes à imagem ou texto. Dessa forma, o laser cria um desenho eletrostático no cilindro a partir das informações armazenadas na memória da impressora, transmitidas pelo computador.
Epson L355 ou L800: confira comparativo e escolha a melhor impressora É a partir daí que o toner entra. Ele consiste em um pó fino, composto de carbono e polímero, que tem carga elétrica positiva. Por causa disso, ele fica depositado nas áreas descarregadas pelo laser, que têm carga negativa, e é repelido pela área restante, de carga positiva.
Modelo de toner de impressora a laser (Foto: Divulgação/HP)
Nesse momento o papel sai da bandeja, recebe uma carga negativa mais forte que a da imagem eletrostática e passa pelo cilindro. Ao entrar em c...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.