O conceito de áudio HD vem ganha força no mercado, prometendo experiências sonoras únicas em tempos de fidelidade tecnológica avançada. Entretanto, existe um pouco de dúvida a respeito de sua diferença para os formatos que estamos acostumados, como o CD e MP3. Além disso, até onde o ouvido humano consegue perceber a qualidade do som? Para esclarecer dúvidas sobre essa tecnologia, o TechTudo preparou um texto especial.
Para que serve um subwoofer? Conheça um pouco dessa tecnologia
Até onde o ouvido humano consegue perceber um áudio em HD? (Foto: Luciana Maline/TechTudo)
O conceito de áudio em alta resolução diz respeito a outros dois conceitos: taxas de amostragem e bitrate altos. A taxa de amostragem é a quantidade de um sinal analógico coletadas durante certo tempo e depois convertidas para dados digitais. O CD, por exemplo, possui 44,1 KHz, o que significa que, em um segundo, criam-se 44,1 mil pontos de dados para serem novamente reproduzidos no mundo físico. Como uma taxa de amostragem maior, consegue-se registrar mais frequências. De acordo com o Teorema de Nyquist, a taxa de amostragem ideal deve ser o dobro da frequência que queira-se registrar. Se você deseja captar a frequência de 20hz, a taxa de amostragem deve ser de 40Khz, basicamente a mesma de um CD.  E é ai que começa uma das questões discutidas ainda hoje, visto que o ouvido do ser humano só consegue captar sons de 20Hz até 20Khz.
Taxa de amostragem de um sinal analógico convertido para CD e audio HQ (Foto:Reprodução/Sony)
Muita  gente defend...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.