Nesta terça-feira (17) celebra-se o Dia Mundial da Internet. A data, que é comemorada com objetivo de promover a inclusão digital, foi estabelecida em 2006 pela Organização das Nações Unidas (ONU). Antes disso, o 17 de maio era conhecido como o Dia Mundial das Telecomunicações. Hoje, mais da metade dos lares brasileiros já possuem conexão com a Internet. Mas, nem todos estão cientes de que é preciso usar a rede com algum cuidado. Para reduzir os efeitos causados por males muito comuns na web como o golpe de phishing, o Google lançou cinco vídeos, parte da campanha #WebSemRiscos.

Google I/O 2016: qual será o melhor lançamento? Comente no Fórum do TechTudo.

Com cinco vídeos didáticos que abordam os temas família, engenharia social, verificação em duas etapas, senhas e malwares, o gigante de buscas quer ensinar aos usuários como se proteger e aumentar a segurança. As contas Google, quase sempre vítimas de tentativas de invasões, ataques e ameaças como sequestros de login, roubo de dados, golpe de phishing e conteúdo impróprio.

Como excluir de uma só vez o histórico de um site especifico no Chrome (Foto: Melissa Cruz/TechTudo) (Foto: Como excluir de uma só vez o histórico de um site especifico no Chrome (Foto: Melissa Cruz/TechTudo) )Google dá dicas de segurança no Chrome, Android, YouTube e outros produtos (Foto: Melissa Cruz/TechTudo)

As dicas nem sempre são só para o novo usuário de Internet, explica Roberto Gutierrez, diretor de políticas de segurança para a América Latina. Muito do que há nos vídeos é negligenciado pelo usuário mais antigo da rede, que vê pouco risco em usar a mesma senha para todos os sites, por exemplo.

Manter a Internet segura é uma responsabilidade compartilhada 
Roberto Gutierrez, Google

"Manter a Internet segura é uma responsabilidade compartilhada. Há muitas coisas que o próprio usuário pode fazer", conta o especialista em segurança.

Segundo o último TeleSign Consumer Account Security Report, em 2015, 40% dos entrevistados relataram que passaram por algum incidente de segurança no ano passado como roubo de senhas, contas hackeadas e outros problemas. No mesmo estudo, porém, 80% das pessoas se mostraram preocupadas com segurança online. Entretanto, 47% dos entrevistados afirmam usar e confiar nas mesmas senhas há mais de cinco anos. 

Como fazer check-up de segurança no Google

Para facilitar o caminho das pedras e tentar acabar com essa contradição que envolve máxima preocupação e pouca ação por parte dos usuários, quem tem uma conta Google pode acessar os cinco vídeos abaixo também no YouTube e iniciar mudanças, como ajustar a autenticação em dois fatores.

Ainda de acordo com Gutierrez, os cinco vídeos são uma mistura de produções já prontas e algumas demandas locais, para brasileiros. Em breve, o conteúdo vai estar disponível também em outros locais.

As dicas funcionam para Google, Chrome, Chrome OS, Android, YouTube e outros produtos Google.

Como manter sua família segura online (Safe Search)


Como evitar ataques de engenharia social (golpe de phishing)

... ="width: 100%; height: 100%;">


Verificação em 2 etapas (autenticação em dois fatores)


O que fazer se esquecer sua senha (recupere a senha do Gmail)


Três dicas para detectar malware (vírus e outras ameaças)


Para mais dicas, visite a central de segurança do Google (google.com.br/intl/pt-BR/safetycenter).



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.