O celular modular do Google, Project Ara, pode ter lançamento em 2017 com outras inovações. Em demonstração feita nesta semana, durante o Google I/O, a companhia apresentou um protótipo capaz de se desmontar com comandos de voz dos usuários. Com seis módulos, entre eles câmera, tela e bateria, o smartphone está pronto para deixar de ser uma pesquisa e chegar ao mercado no ano que vem, segundo a fabricante. 

Project Ara, o celular modular do Google, ganha câmera da Toshiba

Na apresentação em São Francisco, EUA, o protótipo respondeu ao comando “Ok, Google, ejetar a câmera”, retirando o sensor de fotos automaticamente. Outro ponto interessante do celular é a possibilidade de montá-lo sem uma estrutura pré-definida, ou seja, é possível incluir um módulo em qualquer área, pois os blocos são fixados por um mesmo conector. 

Celular de desmontar permite que componentes sejam trocados e instalados com facilidade (Foto: Divulgação/Google)Celular de desmontar permite que componentes sejam trocados e instalados com facilidade (Foto: Divulgação/Google)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

As conexões do Project Ara, inclusive, são o ponto central do dispositivo. Chamado de Unipro, o sistema permite que cada peça do smartphone envie e receba informações a uma velocidade de 11,9 Gb/s (gigabits por segundo). Essa é uma frequência alta o suficiente para que versões melhores do aparelho apareçam no futuro. 

O vídeo abaixo apresenta o celular de montar do Google em ação:

Depois de muitos rumores sobre um possível encerramento do Project Ara, o Google confirmou que o projeto deve tomar forma de produto e ter lançamento em 2017.

Caso isso ocorra, ele poderá ser o primeiro modelo comercializado totalmente pelo Google - pelo menos com estrutura básica da fabricante. Até agora, os telefones da linha Nexus foram fabricados em parcerias com empresas como LG, HTC e Motorola

O que é o Project Ara?

A ideia por trás da i

... niciativa do Google é a criação de um novo tipo de smartphone, em que o usuário possa trocar componentes de acordo com a necessidade. Seria possível, por exemplo, escolher uma tela de resolução mais baixa, para investir dinheiro e comprar uma câmera superior ou um processador melhor. Com a novidade dos comandos por voz, essa troca pode ficar ainda mais dinâmica. O projeto de telefone modular foi iniciado em 2014.

Via The Verge, Wired

Qual é a melhor novidade do Android N? Comente no Fórum do TechTudo.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.