Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

A E Ink anunciou a criação do Advanced Color ePaper (ACeP), um novo tipo de tela com tinta eletrônica capaz de reproduzir cores reais. Até o momento, telas usadas comercialmente com a tecnologia e-ink reproduzem imagens em preto e branco, permitindo em alguns casos o uso de overlays para a reprodução de cores básicas (um plástico transparente colocado sobre a tela para dar a sensação de cor ao usuário).

Monitor E Ink promete proteger os olhos durante uso do computador

Com a novidade criada pela E Ink, telas como aquelas usadas em leitores digitais como o Amazon Kindle poderão reproduzir cores, permitindo que esses dispositivos se tornem capazes de exibirem imagens mais complexas.

Nova tecnologia permite que telas e-ink apresentem cores vivas e reais (Foto: Divulgação/E Ink)Nova tecnologia permite que telas e-ink apresentem cores vivas e reais (Foto: Divulgação/E Ink)

Basicamente, uma tela e ink reproduz imagens a partir da liberação de pigmentos nas cores branca e preta numa tela especial, normalmente chamada de e-paper, ou papel eletrônico. De acordo com a passagem de corrente elétrica, esses pigmentos são liberados de forma construir a imagem que se vê no display.

A nova tecnologia criada pela E Ink permite que essas capsulas, que guardam os pigmentos em preto e branco, armazenem também tinta colorida. A ideia parece óbvia: para ter cor na tela e ink, é necessário que exista tinta colorida, mas o processo é mais complicado do que parece.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Prova disso são os anos consumidos em desenvolver um método que possibilite que um sistema controle a liberação desses pigmentos, e consequentemente, das cores na tela. A E Ink não informou como isso funciona, mas uma das possibilidades é que cada cor responda a uma intensidade de corrente diferente.

A princípio, a primeira aplicação comercial da tela e ink colorida deve ocorrer em outdoors eletrônicos. A razão é simples, já que as versões de LCD/LED consomem quantidades grandes de energia, ao passo que o e ink é extremamente mais econômico. Não há, ainda, previsão para que novos leitores de livros digitais passem a contar com esse tipo de tela.

Além de leitores, a tecnologia e ink vem sendo utilizada numa série de equipamentos em que o consumo de energia é uma grande preocupação. Exemplos são alguns vestíveis, celulares, sinais de trânsito, relógios (portáteis ou não) e outros aparelhos.

Via E Ink

Como usar dois monitores em duas saídas diferentes? Confira no Fórum do TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.