Homefront: The Revolution é o novo jogo de tiro em primeira pessoa publicado pela Deep Silver e produzido pela Crytek e Dambuster Studios. Com versões para PS4, Xbox One e PC, o shooter se passa em uma grande área da Filadélfia, nos Estados Unidos, que está tomada pelo tecnológico exército coreano. Confira como jogar o FPS de mundo aberto:

Confira a análise de Homefront: The Revolution

Um tiro, uma baixa

Diferentemente de populares franquias de tiro, como Call of Duty e Battlefield 3, Homefront aposta em tiroteios realistas em que o personagem deve agir de maneira cautelosa para não ser atingido pelas armas inimigas. Isso porque poucos disparos são necessários para abater e ser abatido. Um único acerto na cabeça, por exemplo, já é suficiente para derrubar um oponente fortemente armado.

Homefront: The Revolution: como jogar o novo jogo de tiro (Foto: Divulgação/Deep Silver)Homefront: The Revolution: como jogar o novo jogo de tiro (Foto: Divulgação/Deep Silver)

A importância dos suprimentos

Embora a jogabilidade seja nitidamente inspirada em shooters modernos, o medidor de saúde não se regenera com o tempo. Por isso, é de extrema importância explorar os cenários em busca de suprimentos para sobreviver. Plataformas sinalizadas com um pano azul – ou com o símbolo azul da resistência – geralmente têm um generoso acervo de pacotes médicos e materiais úteis para criação de equipamentos.

Mesmo que você não consiga alcançar estruturas verticais com o pulo limitado do protagonista Ethan Brady, se aproxime do palanque e pressione o botão de saltar. Com isso, o personagem automaticamente vai executar um salto fora do padrão. Caso você esteja em um momento crítico do combate, o melhor a fazer é fugir para um local seguro abastecido com suprimentos.

Sistema de personalização

Apesar do arsenal limitado de armas, todas podem ser modificadas por meio de um robusto sistema de personalização de equipamentos. Aplicando melhorias pontuais com matéria-prima e dinheiro, é possível transformar uma pistola simples e inútil em uma potente e estável submetralhadora.

Homefront: The Revolution: aplique melhorias aos armamentos disponíveis (Foto: Divulgação/Deep Silver)Homefront: The Revolution: aplique melhorias aos armamentos disponíveis (Foto: Divulgação/Deep Silver)

Você pode acoplar silenciadores e miras removíveis para melhorar a precisão do armamento, bem como aprimorar alcance, capacidade de munição, dano e taxa de disparos por segundo – o que resulta, é claro, em um recuo pouco amigável. No quesito customização, há opções incontáveis de criação à disposição do jogador.

Em Homefront: The Revolution, há um botão útil cuja finalidade é fazer o personagem se agachar atrás de objetos. Em diversas ocasiões, o título exige atuar de forma sorrateira quando é preciso confrontar numerosos comboios do exército da Coréia do Norte.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Veículos facilitam a exploração

Por se tratar de um jogo de mundo aberto, exis

... tem diversas atividades secundárias marcadas no grandioso mapa da Filadélfia. Ao invadir o sistema tecnológico das bases coreanas, o personagem ganha acesso a novos pontos de interesse na região, ampliando assim o número de tarefas paralelas a serem concluídas.
Homefront: The Revolution: sistema de personalização é um dos pontos fortes do game (Foto: Divulgação/Deep Silver)Homefront: The Revolution: sistema de personalização é um dos pontos fortes do game (Foto: Divulgação/Deep Silver)

Para facilitar a locomoção do personagem, você pode usar as motocicletas que estão destacadas no mapa. No entanto, ao optar pelo meio de transporte mais rápido, o protagonista ficará exposto e, consequentemente, vai chamar mais atenção de patrulhas rivais. Lembre-se de utilizar atalhos e fazer trajetos poucos comuns com a moto, pois dessa forma as chances de ser visto são consideravelmente menores.

Além dos veículos, Brady deve usar o celular a todo momento para consultar dicas por meio de mensagens de texto, missões adicionais e operações em andamento. O smartphone também serve para manter o registro de todos os itens colecionáveis e arquivos de áudio coletados ao longo da jogatina. Caso você não saiba como progredir na aventura, a solução é consultar o dispositivo móvel.

O que você espera da série Homefront? Comente no fórum do TechTudo!



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.