O WhatsApp decidiu banir usuários que utilizam serviços alternativos em seu aplicativo, deixando-os 24 horas sem acesso ao mensageiro. Em um comunicado oficial, a empresa se pronunciou sobre a punição, limitando a intervenção apenas para o WhatsApp Plus, aplicativo que permite personalizar a plataforma do WhatsApp, com novas opções de cores e fundos para as conversas. Apesar de se referir apenas a um app específico, existem relatos de que a ação afetou também o WhatsAppMD, outro serviço não oficial.
WhatsApp: como compartilhar fotos e vídeos no Facebook pelo iOS
WhatsApp passa a banir quem usa apps de terceiros do mensageiro (Foto: Luciana Maline/TechTudo)
A justificativa é que esses serviços contenham códigos fonte não reconhecidos pelo WhatsApp, o que atrapalha a garantia de segurança das informações pessoais dos usuários. A nota está presente na FAQ do site do mensageiro, onde a equipe explica que o uso do software só será reativado após a instalação do arquivo oficial, baixado via Google Play ou no site da companhia.
WhatsApp: as fotos da sua lista de contatos estão sumindo? Veja como solucionar no Fórum do TechTudo.
Comunicado do WhatsApp no FAQ do mensageiro explica a ação (Foto: Reprodução/ TechTudo)
A ação pode ser frustrante para quem lançava mão desses apps, que têm como cara...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.