Primo, Primo Core e Otto são as novas placas Arduino criadas especificamente para o desenvolvimento de projetos de Internet das Coisas. Os três componentes se destacam pela adoção de controladores NFC e Bluetooth integrados, além de Wi-Fi e microfone embutido nos dois primeiros modelos.

Micro PC da Samsung é novo concorrente do Raspberry Pi e Arduino

Com esses novos lançamentos, a Arduino espera cobrir as necessidades de desenvolvedores que vinham encontrando dificuldade em adaptar as placas de desenvolvimento existentes em projetos de novos produtos com IoT. Ainda não há preços definidos para as placas, mas sabe-se que devem entrar em comercialização em julho.

Arduino Primo tem controlador wireless embutido para economizar espaço em instalações que precisam de Wi-Fi (Foto: Divulgação/Arduino)Primo tem controlador wireless embutido para economizar espaço em instalações que precisam de Wi-Fi (Foto: Divulgação/Arduino)

Download grátis do app do TechTudo: dicas e notícias de tecnologia no seu Android ou iPhone

A Primo conta com Wi-Fi, Bluetooth, NFC e sensor de infravermelho embutidos na placa. Até o momento, não existia uma Arduino com controlador de rede sem fio integrado, algo que obrigava desenvolvedores de projetos com essas redes a instalarem controladores externos.

Primo Core é menor e mais simples (Foto: Divulgação/Arduino)Primo Core é menor e mais simples (Foto: Divulgação/Arduino)

A Primo Core é uma versão menor da Primo, mas sem o Wi-Fi integrado e estrutura para a ligação de placas de expansão. O componente conta com bateria de relógio própria e é um produto destinado para criação de sistemas integrados em que a placa complementa funções disponibilizadas por peças maiores, como a Alicepad.

Com microfone, a Otto é uma placa relativamente grande para os padrões Arduino (Foto: Divulgação/Arduino)Com microfone, Otto
... é uma placa grande para os padrões Arduino (Foto: Divulgação/Arduino)

Por fim, a Otto se destaca por contar com um microfone integrado. Com esse componente, seria possível criar mecanismos que reagissem ao comando de voz, interessantes para quem pretende desenvolver produtos em Internet das Coisas. A Otto é maior do que a Primo e deve ser uma opção para projetos mais complexos.

Via PC World

Tem como fazer um mecanismo de audição humana com Arduino? Confira no Fórum do TechTudo

 



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.