Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Diablo 2, World of Warcraft, Final Fantasy 12 e Persona 3 são alguns dos melhores jogos de RPG lançados nos anos 2000, até o final da primeira década, em 2009. Os games marcaram época por terem narrativa épica ou cinematográfica, gráficos avançados e personagens que apresentavam tanto carisma que os jogadores realmente se importavam com eles. O TechTudo relembrou alguns deles – e vale avisar que a lista não está em ordem de preferência:

Final Fantasy, Chrono Trigger: veja os melhores jogos de RPG para SNES

Diablo 2

Diablo 2 é um dos jogos de RPG mais clássicos de todos os tempos. Lançado pela Blizzard em junho do ano 2000, o game continuou a épica saga dos guerreiros de fantasia na caçada ao mal supremo. Saiu somente para PC e fez fama por sua incrível dificuldade no nível mais alto e pelas novas classes de personagens, como Necromante, Amazona e Paladino.

Diablo 2 manteve a qualidade na série de RPG (Foto: Divulgação/Blizzard)Diablo 2 manteve a qualidade na série de RPG (Foto: Divulgação/Blizzard)

Ainda que tenha mantido um estilo gráfico mais próximo do primeiro Diablo, o segundo game representou uma evolução, principalmente pelas hordas de inimigos e história ainda mais ousada. Até hoje é considerado um enorme influenciador para outros jogos mais modernos, como Torchlight e Marvel Heroes.

World of Warcraft

World of Warcraft saiu em 2004 e, no início, decepcionou muitos. Após o excelente jogo de estratégia Warcraft 3, os fãs esperavam que a Blizzard continuasse a história a partir de um Warcraft 4, que nunca foi lançado. Porém, WoW chegou como um RPG online de primeira qualidade e já levou milhões de assinantes ao seu mundo virtual.

World of Warcraft, hoje, já rendeu até filme inspirado (Foto: Divulgação/Blizzard)World of Warcraft, hoje, já rendeu até filme inspirado (Foto: Divulgação/Blizzard)

No mundo de Azeroth, o jogador deixou de lado o papel de comandar exércitos no game de estratégia e passou a ter o controle de apenas um personagem no mapa inteiro, que ele controlava e avançava de nível ao cumprir missões. Já com mais de cinco expansões e outras a caminho, World of Warcraft é o RPG online pago de maior sucesso da atualidade.

Deus Ex

Deus Exfoi criado pelo lendário designer Warren Spector e lançado nos computadores em junho do ano 2000. Inovador, utilizou conceitos de jogos de tiro em primeira pessoa, mas em um universo futurista e no gênero de RPG. Desta forma, era possível evoluir o personagem conforme a história avançava e modificar o enredo de acordo com as decisões.

O primeiro Deus Ex, RPG de Warren Spector (Foto: Divulgação/Eidos)O primeiro Deus Ex, RPG de Warren Spector (Foto: Divulgação/Eidos)

Ainda que tenha jogabilidade primária de tiro em primeira pessoa, é considerado oficialmente um RPG, não somente pelas funcionalidades do gênero, mas também pela história envolvente e pela imersão que causa ao jogador.

Kingdom Hearts

Kingdom Heartstalvez seja o jogo mais inusitado desta lista. O primeiro game da série saiu em 2002, para o PlayStation 2, e trazia o encontro de personagens de Final Fantasy com os universos da Disney. Assim, Cloud de Final Fantasy 7 contracena com Pato Donald, por exemplo. O Pateta é o fiel escudeiro do Rei Mickey, que comanda todos os mundos Disney, ameaçados por vilões das trevas.

O inusitado Kingdom Hearts (Foto: Divulgação/Square Enix)O inusitado Kingdom Hearts (Foto: Divulgação/Square Enix)

Kingdom Hearts é um RPG de ação que também pega emprestado muitas mecânicas da saga Final Fantasy, como nomes de magias e evolução dos personagens. O jogo já rendeu diversas sequências e tem uma história que envolve Sora, o protagonista, e os amigos que o rodeiam.

Vagrant Story

Lançado no ano 2000 para o PSOne, o clássico Vagrant Story representa uma verdadeira obra-prima da Square Enix, que naquela época ainda se chamava Squaresoft. Também um RPG de ação, foi produzido pela mesma equipe que lançou Final Fantasy Tactics, e por isso tinha elementos e visual com algumas similaridades.

Bonito e diferente: Vagrant Story (Foto: Divulgação/Square Enix)Bonito e diferente: Vagrant Story (Foto: Divulgação/Square Enix)

No controle do herói Ashley Riot, o jogador tinha que descobrir uma história de complô e traição no reino de Valendia, na cidade de Léa Monde. Seu combate parecia um pouco confuso para a época, com área de alcance dos golpes, mas foi inovador e ainda hoje é considerado incomum e interessante.

Fable

Fable foi um dos grandes jogos do designer Peter Molyneux, quando ele o lançou originalmente em 2004, no primeiro Xbox. O jogo era promissor e corajoso, pois a premissa era ser um RPG de ação em que o usuário controlava um personagem criado, que podia acompanhar desde o nascimento. 

A liberdade de Fable (Foto: Divulgação/Microsoft)A liberdade de Fable (Foto: Divulgação/Microsoft)

Como outros projetos de Molyneux, a produção saiu um pouco diferente do prometido, mas ainda assim agradou e marcou época. Era realmente possível acompanhar a vida do protagonista ao longo das eras, por mais que tenhamos encarado algumas limitações. O reino de Albion nunca mais seria ao mesmo após este primeiro jogo.

Ragnarok Online

Se temos World of Warcraft como atual rei dos MMORPGs, Ragnarok Online chega bem perto disso. Lançado em 2002 por uma produtora coreana, o jogo de RPG online tinha gráficos que lembravam desenhos animados e comportava uma verdadeira infinidade de participantes em seus servidores.

Ragnarok Online, o inesquecível RPG online (Foto: Divulgação/GungHo)Ragnarok Online, o inesquecível RPG online (Foto: Divulgação/GungHo)

Ragnarok Online também marcou época no Brasil, onde chegou oficialmente em 2004. São diversas classes e subclasses de personagens, combates que também lembram animes japoneses e emoções que até hoje os fãs mais tradicionais guardam. Atualmente na sombra da fama que já teve um dia, o Ragnarok Online original rendeu sequências e jogos derivados em outras plataformas, mas sem o mesmo enorme sucesso.

Final Fantasy 12

Quando os fãs achavam que a Square Enix não tinha mais como inovar na série Final Fantasy, o game Final Fantasy 12 chegou em 2006, apenas para o PS2, com tudo que tinha direito. Havia um novo mundo com protagonistas inéditos, sistema de jogo totalmente revolucionário e, claro, gráficos que te faziam acreditar que um PS3 seria “desnecessário” naquela época.

Final Fantasy 12 e o sistema de Gambits (Foto: Divulgação/Square Enix)Final Fantasy 12 e o sistema de Gambits (Foto: Divulgação/Square Enix)

Vaan era o protagonista da história épica – que se passava no mundo de Ivalice –, o mesmo de Final Fantasy Tatics. A jogabilidade dos combates era composta por um sistema conhecido como “Gambit”, que permitia fazer com que personagens controlados pelo computador agissem da exata forma que o jogador desejava.

Persona 3

Shin Megami Tensei: Persona 3 é o terceiro game da série. A franquia é spin-off de outra saga e, mesmo assim, este é um dos melhores jogos do PS2. Lançado em 2006 e posteriormente relançado no PSP, o game tem muitos elementos bem colocados e bem usados, a começar pelo enredo.

Polêmico e divertido, Persona 3 (Foto: Divulgação/Atlus)Polêmico e divertido, Persona 3 (Foto: Divulgação/Atlus)

No controle de misteriosas criaturas conhecidas como Persona, jovens precisam invadir masmorras e combater monstros que surgem após a meia noite. A forma peculiar de ativar as Personas chamou a atenção na época em que foi lançado: com um tiro na cabeça, que não chega a matar, mas é perturbador de ver. 

Mass Effect

Mass Effect seguiu de perto o exemplo de Deus Ex e apresentou um RPG com elementos de tiro em primeira pessoa. O jogo saiu em 2007, no Xbox 360 e PC, e nos levou a uma aventura pelas galáxias, no controle do Comandante Shepard – que também poderia ser uma mulher, de acordo com a decisão do jogador.

O histórico primeiro Mass Effect (Foto: Divulgação/EA)O histórico primeiro Mass Effect (Foto: Divulgação/EA)

A aventura de Mass Effect se passa em um futuro próximo, em que a humanidade fez contato e alianças com raças alienígenas. Mas nem todas são amigáveis, e isso gera diversos conflitos de interesse e políticos por todo o cosmos. Mass Effect é produção da BioWare, que fez outros RPGs de sucesso ao longo dos anos, como Baldur’s Gate e Dragon Age.

Quais os melhores MMORPGs para navegador? Opine no Fórum TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.