O iOS 10 e o Android N são as apostas da Apple e do Google para os próximos lançamentos de celulares e tablets. Previstas para chegar até o fim de 2016, as atualizações devem trazer mudanças na interface, funções extras e melhorias no desempenho, seja em smartphones com Android ou no iPhone

iPhone com iOS 10 sabe quando será usado e perde 'deslize para desbloquear'

No entanto, a briga entre os dois sistemas continua: qual plataforma inovou mais neste ano? Para conhecer melhor as características de cada um, leia a análise do TechTudo, que compara os principais detalhes do novo Android e do iOS mais recente. 

iOS 10 contra Android N: qual é o melhor novo sistema móvel? (Foto: Arte/TechTudo)iOS 10 contra Android N: qual é o melhor novo sistema móvel? (Foto: Arte/TechTudo)

Interface

Apesar de a Apple e o Google fazerem mudanças mais tímidas nas interfaces, há novos detalhes interessantes. No iOS 10, a tela de bloqueio foi reformulada com notificações mais detalhadas e que podem se transformar em widgets, quando pressionadas com força. Outro espaço redesenhado foi a central de controle, que tem botões para configurações rápidas e uma nova página para o controle de música.

iOS 10 terá tela de bloqueio com notificações maiores e interativas (Foto: Reprodução/Apple)iOS 10 terá tela de bloqueio com notificações maiores e interativas (Foto: Reprodução/Apple)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android e iPhone

Depois de muito resistir aos widgets, a Apple pretende mesmo investir no recurso em iPhones. Os quadros informativos estarão na página “Hoje”, que foi movida para a esquerda da tela inicial, e poderão ser acessados com o 3D Touch nos ícones de apps. Algo muito similar pode ser feito no Android com a ajuda de apps, que, geralmente, modificam a interface do sistema.

No plataforma do Google, as mudanças visam otimizar o que há no Android Marshmallow. A central de notificações foi reformulada para mostrar alertas agrupados e com controle maior no gerenciamento da importância dos alertas. Além disso, o sistema adotará a função de respostas rápidas, similar ao do iOS 9. Já os botões para Wi-Fi e Bluetooth, por exemplo, voltarão a ficar no topo como era na versão 4.4 (KitKat).

Android N terá central de notificações reformulada (Foto: Divulgação/Google)Android N terá central de notificações reformulada (Foto: Divulgação/Google)

No Android N, o Google vai limitar a função multitarefa do sistema aos sete aplicativos mais recentes, para acabar com a confusão de vários apps abertos. O sistema vai ganhar ainda nova interface de pastas e emojis mais humanos, subst

... ituindo os emoticons padrão, em formato de bolha, frutos de grande confusão na troca de mensagens.

Funcionalidades

As maiores mudanças do iOS 10 foram em aplicativos da Apple, mas há alguns recursos interessantes na plataforma. A empresa incluiu uma central de transferência compartilhada entre iPhones e Macs, o que permitirá copiar em um e colar no outro, além de teclado mais inteligente, um alarme para a hora de dormir e divisão de tela para o Safari em iPads.

Teclado QuickType agora pode oferecer sugestões baseadas no contexto da conversa (Foto: Reprodução/Apple)Teclado QuickType agora pode oferecer sugestões baseadas no contexto da conversa (Foto: Reprodução/Apple)

Quanto aos aplicativos, o grande destaque foi o iMessage, que ganhou novas animações, funções de desenho e manuscrito, texto “oculto”, adesivos e suporte a apps de terceiros. O Fotos, por sua vez, ganhou inteligência artificial para identificar pessoas, lugares e objetos para criar álbuns especiais. Já Apple Music, Maps e News foram totalmente redesenhados.

O grande destaque do Android N é o novo multitarefas que permite dividir uma mesma tela para dois apps, seja em tablets ou telefones. Além disso, um toque duplo no botão de apps recentes fará com que o sistema troque para o último programa. Há ainda um modo noturno similar ao Night Shift do iOS 9.3 e um gerenciador de dados melhorado para impedir que apps e funções nativas acabem com a franquia do celular.

Android N poderá ter mais de um aplicativo aberto ao mesmo tempo (Foto: Divulgação/Google)Android N poderá ter mais de um aplicativo aberto ao mesmo tempo (Foto: Divulgação/Google)

Boa parte das funções do Android N, contudo, estão ligadas ao desempenho do aparelho e podem não ser claramente percebidas pelos usuários. O modo Doze, voltado para economia de bateria, passará a ser ativado quando a tela for bloqueada e não após um tempo de inatividade como é atualmente. Por fim, o sistema será capaz de se atualizar em segundo plano e trará melhorias gráficas com novos APIs.

Assistente virtual

No iOS 10, a Siri finalmente poderá ser utilizada com apps de terceiros, possibilitando enviar mensagens pelo WhatsApp, chamar um carro no Uber ou fazer ligações no Skype. Há ainda pesquisa por fotos, inclusive em redes sociais como o Pinterest. Por fim,  a assistente também chegará aos computadores com Mac OS e deve trazer integração com iPhones e iPads.

Durante o Google I/O 2016, em maio, o gigante de buscas apresentou o Google Assistant. Visto como uma evolução do Now, o assistente pessoal do Android deve focar em conversação com o usuário e não somente nos cards atuais. Além disso, o recurso deve ser capaz de entender o contexto ao buscar uma resposta.

Siri será capaz de pedir carros em aplicativos de corrida como o Uber e Lyft (Foto: Reprodução/Apple)Siri será capaz de pedir carros em aplicativos de corrida como o Uber e Lyft (Foto: Reprodução/Apple)

Apesar disso, o que não ficou claro é se o Assistant será embutido no app de pesquisa do Google, substituindo o Now, ou se haverá um programa separado. As respostas engraçadas, populares em assistentes como a Siri e a Cortana, também não foram mencionadas.

Disponibilidade para testes

Tanto o iOS 10 como o Android N já estão disponíveis para testes. Para baixar o sistema da Apple, por enquanto, é preciso ser cadastrado como desenvolvedor. A primeira versão beta pública só deve ter lançamento em julho, enquanto a versão final deve chegar em setembro, acompanhada do provável iPhone 7.

Android N pode ser baixado em dispositivos Nexus e no Xperia Z3 (Foto: Divulgação/Google)Android N pode ser baixado em dispositivos Nexus e no Xperia Z3 (Foto: Divulgação/Google)

No caso do sistema do Google, a situação é um pouco mais complicada. Afinal, é preciso se inscrever no programa de testes e ter um dispositivo compatível. No Brasil, apenas quem tem o Xperia Z3 pode baixar, já que os dispositivos Nexus permitidos não estão à venda por aqui. Já a versão final depende das fabricantes, e deve levar mais alguns meses para ficar pronta.

Conclusão

Após alguns anos focada em correções e com poucas novidades, a Apple resolveu ser mais radical este ano. Os donos de iPhone e iPads provavelmente vão ficar satisfeitos com as novas funções da Siri, aplicativos de fotos turbinado e com as mudanças na tela de bloqueio do telefone. Fora isso, parece que a empresa finalmente ouviu os usuários e se tornou aberta à desinstalação de apps desnecessários e à integração com serviços de terceiros, como o WhatsApp.

Já o Android N segue um caminho inverso, com menos funções novas e mais melhorias no desempenho e na usabilidade. Ainda assim, destacam-se o recurso multijanela, que deve aproveitar melhor as telas dos smartphones grandes, além do modo Doze++, ampliado para economizar mais bateria.

No geral, o iOS 10 leva a melhor na disputa por trazer mais novidades em relação ao antecessor. Entretanto, vale lembrar que o Android, como um sistema aberto, receberá melhorias e modificações das fabricantes, como Samsung e Motorola, e em versões alternativas, como o Cyanogenmod, o que pode revelar boas novidades.

Qual é a melhor novidade do Android N? Comente no Fórum do TechTudo.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.