A Mozilla vai adotar uma posição mais agressiva para reduzir o uso do Flash no Firefox. A decisão foi anunciada nesta quarta-feira (20) e informa que a próxima versão do navegador vai bloquear, por padrão, qualquer conteúdo do formato que seja executado no background da página. Ou seja, que não requerem a interação do usuário como planos de fundo, animações em geral. Mas, outros tipos de material, que também usem o plugin, não serão afetados no momento.
Plugin Java não funciona no Firefox? Veja o que fazer
Além do Firefox, outros navegadores e plataformas de Internet estão substituindo o Flash por serviços como o HTML5. Ou seja, torna melhor a reprodução de áudio, vídeo e streaming, integração com a área de transferência, gráficos em 2D e 3D rápidos e acesso a câmeras e microfones do dispositivo.
Firefox decide bloquear Flash no navegador (Foto: Melissa Cruz/TechTudo)
Segundo Benjamin Smedberg, gerente de engenharia de qualidade da Mozilla, os “plugins [como o Adobe Flash] introduzem problemas de estabilidade, performance e segurança para navegadores e esta não é uma troca que os usuários devam aceitar”. Por isso, mudanças estão sendo planejadas.  Uma das vantagens, para os usuários, é a melhora da performance do dispositivo e do navegador, além da vida útil da bateria. A expectativa é que reduza as falhas do Flash em até 10%. Outro argumento para o bloqueio é uma constante queda nos índices de falhas de plugins registrados pela desenvolvedora. Os dados indicam uma redução ainda maior após s...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.